sicnot

Perfil

Economia

Angela Merkel desconhece qualquer nova proposta europeia

A chanceler alemã Angela Merkel declarou hoje que não conhece qualquer nova proposta europeia à Grécia para desbloquear um acordo de última hora.    

Markus Schreiber

"A última oferta da Comissão que conheço é a da última sexta-feira e não posso dizer mais nada", afirmou Merkel, depois de Bruxelas ter dito que propôs uma solução de "última hora" ao primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras. 

Contudo, a dirigente alemã reafirmou que "a porta continua aberta" para novas negociações com Atenas. 

As negociações entre Atenas e os credores foram interrompidas no sábado depois da decisão surpresa de Alexis Tsipras apelar aos gregos para se pronunciarem no próximo domingo num referendo sobre o plano proposto pelos credores para conceder empréstimos de milhares de milhões de euros necessários ao país para não entrar em incumprimento, em troca de reformas consequentes consideradas demasiado pesadas para a população por Atenas. 

O atual programa de ajuda à Grécia, já prolongado uma vez, expira "exatamente" hoje à noite, recordou a chanceler alemã durante uma conferência de imprensa em Berlim com o homólogo do Kosovo, Isa Mustafa.

  • Grécia não paga ao FMI
    2:39

    Economia

    As negociações não foram reatadas mas estão a decorrer contactos ao telefone entre Tsipras e Junker, o presidente da Comissão Europeia. Até agora não há qualquer sinal de entendimento, numa altura em que o tempo está a esgotar-se. Se nada se alterar nas próximas horas, a Grécia vai falhar hoje o pagamento de 1.600 mihões de euros ao FMI.

  • Atores recriam cena em que um homem é vítima de violência doméstica
    1:35
  • Ministério Público admite eventual detenção do presidente do governo da Catalunha
    2:24
  • Bispo vermelho

    "Recebia trabalhadores e sindicalistas, batia à porta de políticos e empresários, andava pelas ruas da cidade ao encontro dos que das ruas da cidade faziam casa". Joaquim Franco evoca Manuel Martins, o "bispo vermelho".

    Joaquim Franco

  • Apreendidos quase 7.000 comprimidos ilegais vendidos pela internet
    1:43

    País

    O Infarmed e a Autoridade Tributária apreenderam perto de 7.000 unidades de comprimidos ilegais.A apreensão aconteceu no âmbito de uma operação internacional da Interpol de combate aos medicamentos ilegais vendidos pela internet, explicou à SIC Luís Sande e Castro, diretor da Unidade de Inpeção do Infarmed.

  • Passageiro detido com 1 kg de ouro no reto

    Mundo

    Os funcionários da alfândega do aeroporto de Colombo, Sri Lanka, estranharam o comportamento de um passageiro que "caminhava com dificuldade". Um exame completo revelou a valiosa carga que levava escondida... no tubo intestinal.