sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a subir em todos os prazos, pressionados pela crise na Grécia

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a subir a dois, cinco e dez anos, alinhados com os da Irlanda, Itália e Espanha, fortemente pressionados pela crise na Grécia.        

© Rafael Marchante / Reuters

Os juros da Grécia a dois e dez anos estavam hoje, cerca das 09:10 em Lisboa, a subir para 38,699% e 15,298%, respetivamente. 

Hoje, cerca das 09:10 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 3,116%, contra 3,083% na segunda-feira e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro. O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.                                                                                                      

No mesmo sentido, os juros a cinco anos estavam a subir, para 1,773%, contra 1,710% na segunda-feira, depois de terem subido a 16 de junho até aos 1,927%, um máximo desde meados de outubro de 2014, e descido para o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril.         

Os juros a dois anos também estavam a subir para 0,121%, contra 0,114% na segunda-feira, mas abaixo do máximo dos últimos seis meses, de 0,506%, registado a 7 de janeiro.      

O atual mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi atingido a 13 de abril passado.     

Os juros das dívidas soberanas europeias estão a ser pressionados para a alta devido à ausência de acordo entre a Grécia e os credores internacionais, que pode desencadear a saída de Atenas da zona euro, e mais do que anular o programa de estímulos em curso do Banco Central Europeu. 

Depois de ter iniciado a 09 de março passado um programa inédito de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir a injeção de 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro, na esperança de a redinamizar, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas de juro inalteradas em mínimos na última reunião de política monetária de 03 de junho.              

Uma eventual saída da Grécia da zona euro pode afetar negativamente Portugal, que a 17 de maio de 2014 abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Hoje, os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a subir em todos os prazos, bem como os de Itália e de Espanha. 

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 09:10:

2 anos... 5 anos... 10 anos 

Portugal 

30/06..... 0,121......1,773....3,116

29/06..... 0,114......1,710....3,083

Grécia 

30/06.....38,699.....n disp...15,298

29/06.....38,417.....n disp...15,078

Irlanda

30/06.......0,169....0,665.....1,680

29/06.......0,155....0,646.....1,664

Itália

30/06......0,478......1,308....2,397

29/06......0,453......1,283....2,391

Espanha

30/06......0,469......1,175....2,361

29/06......0,460......1,150....2,347

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

 

 

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.