sicnot

Perfil

Economia

Assunção Cristas defende que solução para a crise do leite nos Açores não passa apenas por Bruxelas

A ministra da Agricultura subscreveu hoje a preocupação dos produtores açorianos face à crise do preço do leite no mercado europeu e defendeu que a solução não deve ser da exclusiva responsabilidade da União Europeia.

MIGUEL A. LOPES

"Quando me falam do problema do leite nos Açores, e eu partilho desse problema, a minha resposta é sempre esta: se nós tivéssemos tanta e tanta produção que, comparando com as oportunidades do mundo, nos dissessem que é impossível, eu estaria muito preocupada. Assim, estou preocupada e partilho as vossas preocupações, mas acho que a solução também tem que estar nas nossas mãos", declarou Assunção Cristas.

A titular da pasta da Agricultura, que presidia ao encerramento do primeiro congresso nacional dos jovens agricultores, em Ponta Delgada, recordou que se bateu sozinha, em Bruxelas, quando chegou ao governo, contra o desmantelamento do regime de quotas leiteiras.

A governante sublinhou que tem continuado a bater-se no quadro da União Europeia por medidas face ao desmantelamento das quotas leiteiras, afirmando que "o que temos não é suficiente", que "é preciso ter soluções". 

"Portugal foi dos primeiros países, talvez o único, que já colocou soluções concretas em cima da mesa. Até abril passado estavam todos relativamente pouco preocupados. Mais, na reta final, muitos dos países estavam preocupados era em fugir às penalizações por terem excedido a quota", recordou a governante.

Surgiram entretanto, de acordo com Assunção Cristas, "mais algumas vozes inquietas, porque perceberam que entre uma procura mundial, que deverá aumentar, e uma oferta europeia que, de repente, apareceu, não é muito fácil conseguirmos uma passagem suave".

Assunção Cristas referiu que foi proposto em Bruxelas pelo seu governo uma produção de referência por país que estipule que, em caso de ultrapassagem, face a uma "baixa clara do mercado" do leite, possa haver responsabilização dos vários Estados-membros.

"Porém, vale sempre a trabalhar com o que temos, porque esse é o garantido. O que não temos poderá vir ou não vir num clube de 27", declarou, para acrescentar que se deve apostar na valorização dos produtos, sua diferenciação e acrescento de valor, tendo exemplificado com o queijo de São Jorge.

A ministra da Agricultura recordou que o país é autossuficiente em leite, resultado do "extraordinário trabalho" feito também nos Açores, mas não o é em laticínios, havendo ainda mercado interno para conquistar. 

Uma das formas que Assunção Cristas considera que pode valorizar os produtos açorianos passa pela exportação para altos segmentos de "produtos de extraordinária qualidade".

A ministra deixou ainda a mensagem de que tem que haver uma aposta clara criação dos bons produtos, muitos dos quais já existem no país, a par da inovação e do investimento alternativo, através do aproveitamento dos fundos comunitários.

Assunção Cristas apontou ainda a via da internacionalização através de 260 países cujos mercados estão abertos ao leite e lacticínios, como é o caso de Marrocos, Argélia, China, Colômbia, Venezuela, entre outros, se necessário pela via da aposta em novos produtos.

 

 

 

 

Lusa

 

  • "Claramente que há mandantes e que foi uma operação organizada"
    4:14

    Crise no Sporting

    Os 23 detidos por suspeitas de terem participado no ataque à Academia de Alcochete ficaram em prisão preventiva. Miguel Sousa Tavares considera que a decisão "é mais para ser exemplar". O comentador da SIC acredita que há mandantes e que esta foi uma "operação organizada". Sousa Tavares diz ainda que os "políticos não têm coragem para impor as leis" e que em Portugal "brinca-se com a lei".

    Miguel Sousa Tavares

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.

  • Jovem britânico em fuga é detido depois de responder à polícia no Facebook

    Mundo

    Através do Facebook, a polícia de West Yorkshire mostrou-se preocupada perante o desaparecimento de um jovem de 21 anos e pediu por informações que pudessem leva-los a descobrir Leon Smith. Contudo, o que não deveriam estar à espera, era que o próprio desaparecido respondesse na rede social e que desafiasse a polícia a "fazer o seu trabalho". As autoridades acabaram por localizar o jovem no mesmo dia.

    SIC