sicnot

Perfil

Economia

Produtores de leite alertam para "situação dramática" que se vive no setor

Cerca de duas centenas de produtores de leite manifestaram-se hoje em frente a hipermercados da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, alertando para a "situação dramática" que estão a atravessar depois do fim das quotas leiteiras.

Fernando Veludo

Fernando Veludo

(Arquivo)

(Arquivo)

Fernando Veludo

O protesto, que incluiu um desfile de tratores e alfaias agrícolas com várias mensagens, teve como objetivo dar conta da "situação crítica" da produção do leite, com preços muito baixos e dificuldades de recolha do leite produzido em Portugal.

Através das mensagens que se podiam ler nos tratores, os agricultores sensibilizaram a população para a importância do consumo de leite e derivados produzidos em Portugal.

O presidente da APROLEP - Associação dos Produtores de Leite em Portugal, Carlos Neves, disse que a situação que os produtores estão a viver é "muito difícil" e explicou os motivos da manifestação.

"Queremos lançar um apelo a Bruxelas para que reconheça esta crise (...), depois queremos um trabalho do Governo na fiscalização do leite importado, mediando a distribuição e a indústria".

O responsável sublinhou que existem produtores "a atravessar enormes dificuldades e que estão a colocar dinheiro do bolso na empresa".

"Quando não têm mais dinheiro, vivem dos fornecedores que vão alargando os prazos de pagamento", acrescentou.

Carlos Neves adiantou ainda que atualmente no continente restam cerca de três mil produtores, face aos 80 mil de há alguns anos.

"As pessoas vão resistindo até ao fim mas é muito complicado", afirmou.

Já o presidente da AJADP -Associação de Jovens Agricultores do Distrito do Porto, Miguel Silva, confessou que não percebe o motivo das importações de leite, defendendo que "estão a esmagar a produção nacional".

"Não se percebe o motivo das importações e como é que o leite chega a preços irrisórios. Estão a importar leite e isso está a esmagar a nossa produção. Os produtores estão falidos porque não há forma de combater estes preços", disse.

Miguel Silva explicou que atualmente o produtor recebe em média 28 cêntimos por litro, quando o valor justo ronda os 35 cêntimos.

"Isso já permitia, não ganhar muito dinheiro, mas pagar todos os investimentos que foram feitos. Assim é impossível resistir mais que quatro meses", afirmou.

"Não demorará muito para os produtores terem que vender os animais e fechar produções. Neste momento está já a dar prejuízo, as pessoas estão a viver de algum que têm amealhado ou de crédito", acrescentou.

Também presente na manifestação para apoiar o setor, Ariana Machado, engenheira zootécnica, alertou para a situação insustentável.

"Há aqui muitas questões que teriam de ser discutidas, as motivações são muitas, mas aquilo que mais nos preocupa são as estratégias nacionais que não foram adotadas pelas estruturas e acho que quanto à liberalização das quotas, que era sabida desde 2008, nada foi feito e agora estamos assim", explicou.

A engenheira zootécnica sublinhou ainda as dificuldades dos produtores em "cumprir com as necessidades básicas diárias de uma exploração, a desmotivação e a incapacidade de investimento".

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16