sicnot

Perfil

Economia

Ordenados em atraso em 480 empresas no 1º semestre

Entre janeiro e junho deste ano, 480 empresas portuguesas tinham ordenados em atraso no valor de 1,8 milhões de euros. Uma irregularidade detetada pla Autoridade para as Condições do Trabalho, que nos primeiros seis meses do ano fez quase 14 mil inspeções a cerca de 9 mil empresas.

Empresas que apresentarem até hoje as declarações de remunerações de todos os trabalhadores abrangidos pelo salário mínimo nacional podem beneficiar da redução da TSU.

Empresas que apresentarem até hoje as declarações de remunerações de todos os trabalhadores abrangidos pelo salário mínimo nacional podem beneficiar da redução da TSU.

(LUSA/ ARQUIVO)

Parte dos atrasos salariais acabam por ser resolvidos pelo Fundo de Garantia Social a que os trabalhadores afetados podem recorrer. Só nos primeiros seis meses do ano, o fundo já foi ativado para pagar a mais de 9 mil trabalhadores.

De acordo com o presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, este ano estão sobretudo em causa atrasos nos subsídios de férias e de Natal.

No ano passado a dívida no pagamento aos trabalhadores chegou aos 5,4 milhões de euros. Um valor três vezes mais alto do que o detetado pla Autoridade para as Condições do Trabalho até agora.

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC