sicnot

Perfil

Economia

Portugal deve aproveitar taxas de juro baixas para pagar dívida, diz FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defende que Portugal deve aproveitar a descida dos juros causada pelo 'Quantitative Easing' do Banco Central Europeu (BCE) para pagar a dívida pública.

© Hugo Correia / Reuters

"Países com margem orçamental reduzida (como França e Portugal) devem aproveitar as descidas dos juros decorrentes do 'Quantitative Easing' para pagar a sua dívida", escreve o chefe da missão do FMI à zona euro, Mahmood Pradhan, num artigo divulgado hoje.

O texto acompanha o relatório anual sobre a zona euro, no âmbito do Artigo IV do FMI, que prevê que sejam feitas análises às economias dos membros do Fundo, geralmente todos os anos.

Por outro lado, o FMI defende que os países da zona euro com margem orçamental, como a Alemanha e a Holanda "usem esse espaço para apoiar o investimento e reformas estruturais".

Em ambos os casos, seguir as recomendações do Fundo, numa altura de taxas de juro soberanas baixas "pode ter um impacto poderoso no crescimento".

O FMI considera que o programa de compra de dívida do BCE "impulsionou a confiança" entre os países da moeda única e melhorou as condições de financiamento".

Além do programa do BCE, a recuperação está a ser alavancada pela redução do preço do petróleo e um euro mais fraco. O fundo estima que a economia do conjunto dos 19 cresça 1,5% este ano e 1,7% em 2016.

"Mas as perspetivas de médio prazo são menos animadoras", escreve Mahmood Pradhan, considerando que a recuperação económica pode ser prejudicada pelos "altos níveis de desemprego (especialmente entre os jovens) e de dívida das empresas e pelo aumento do crédito malparado".

Nesse sentido, a instituição liderada por Christine Lagarde defende um "esforço coletivo" para conter "os riscos de estagnação" e para "fortalecer a união monetária".

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes