sicnot

Perfil

Economia

Empresas estimam crescimento de 3,4% das exportações em 2015

Os empresários estimam um crescimento das exportações de 3,4% este ano, face ao anterior, uma melhoria face à previsão de novembro, segundo um inquérito do Instituto Nacional de Estatística, hoje divulgado.

As perspetivas das exportações de bens apontam para um crescimento nominal de 3,4% das suas exportações no final deste ano, face a 2014, revendo 0,9 pontos percentuais em alta a previsão efetuada em novembro do ano passado, quando apontavam para uma subida de 2,5%.

"A revisão em alta resulta integralmente da revisão em mais 1,3 pontos percentuais das exportações Intra-UE, para um crescimento de 3%, já que para o mercado Extra-UE as empresas reviram em baixa (menos 0,4 pontos percentuais) as previsões de novembro, para um crescimento de 4,3%", explica o INE.

As empresas inquiridas apontaram como principal razão para a revisão das perspetivas de evolução das exportações de bens este ano, face à anterior previsão, o "diferente comportamento face ao esperado", na generalidade dos mercados de destino já clientes, tanto no comércio intracomunitário como no extracomunitário.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as perspetivas reveladas pelas empresas indicam um aumento de 4,5% nas exportações este ano.

Por grandes categorias económicas, o instituto destaca as expectativas de aumento das exportações para o mercado Extra-UE de material de transporte e acessórios (mais 26,4%), enquanto nas exportações de produtos alimentares e bebidas as empresas perspetivam uma redução de 2,1%.

No Comércio Intra-EU, o destaque vai para os crescimentos esperados de 6,5% nas exportações de máquinas, outros bens de capital e seus acessórios e de 6,3% no material de transporte e acessórios.

O inquérito do INE foi realizado a um total de 3. 032 empresas, que em 2014 representaram cerca de 90% das exportações de bens.

Lusa

  • Ouvidas duas explosões junto ao estádio do Besiktas em Istambul

    Mundo

    Duas explosões foram ouvidas este sábado no lado europeu da cidade turca de Istambul, junto ao estádio de futebol do Besiktas, segundo agências de notícias internacionais. Até ao momento, sabe-se que pelo menos 20 pessoas ficaram feridas. A agência Reuters relata fumo a sair do recinto recentemente construído e fala ainda numa troca de tiros audível.

    Em desenvolvimento

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19