sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal caem em todos os prazos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a cair em todos os prazos, seguindo a tendência de outros mercados da Europa, como os grego e italiano, onde os juros a dois anos bateram mínimos.

© Rafael Marchante / Reuters

Cerca das 09:30 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dois anos estavam a cair para 0,355%, abaixo dos 0,364% da sessão anterior, depois de a 08 de julho terem batido o máximo (0,807%) desde outubro.

O atual mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi atingido a 13 de abril passado.

Os juros a cinco anos também caíram para 1,163%, contra 1,186 na segunda-feira.

Na maturidade dos dez anos, os juros caíram de 2,410% na segunda-feira para 2,361% hoje, depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho último, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Bateram hoje mínimos os juros a dois anos da Grécia, ao caírem para 14,736%, contra 18,260% na sessão anterior, e de Itália (também a dois anos), que caíram para 0,54% contra 0,58% de segunda-feira.

Depois de várias semanas de negociações, a Grécia e os credores chegaram a acordo para um terceiro programa de ajuda financeira ao país, segundo declarações à agência AFP de uma fonte governamental grega.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC