sicnot

Perfil

Economia

Varoufakis diz que programa de resgate à Grécia não vai funcionar

O antigo ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis considerou hoje que o programa que sustenta o terceiro resgate financeiro não vai funcionar, apesar de o primeiro-ministro grego se mostrar "confiante" na aplicação do programa.

Num anúncio surpreendente, horas apenas após o anúncio dos resultados do referendo, Yanis Varoufakis disse que abandonava o cargo de ministro das Finanças para ajudar o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, a continuar as negociações com os credores internacionais.

Num anúncio surpreendente, horas apenas após o anúncio dos resultados do referendo, Yanis Varoufakis disse que abandonava o cargo de ministro das Finanças para ajudar o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, a continuar as negociações com os credores internacionais.

© Marko Djurica / Reuters

"Pergunte a qualquer pessoa que saiba qualquer coisa sobre as finanças gregas e vão dizer-lhe que este programa não vai funcionar", disse o antigo ministro em entrevista à BBC, mostrando-se implicitamente crítico do primeiro-ministro, Alexis Tsipras, que disse estar confiante na aplicação do acordo que visa terminar com a incerteza económica no país.

"O (actual) ministro das Finanças grego diz mais ou menos a mesma coisa", acrescentou o ex-governante, que saiu há semanas do Ministério das Finanças da Grécia, na sequência da aprovação do início das negociações, depois de um referendo ter rejeitado os termos apresentados pelos credores.

Varoufakis disse à BBC que o ministro das Finanças da Alemanha "vai ter de ir ao parlamento e confessar, na prática, que este programa não vai funcionar", e acrescentou que "o Fundo Monetário Internacional está a desesperar de forma coletiva com um programa que simplesmente está ancorado numa dívida insustentável... e no entanto este é um programa que toda a gente está a trabalhar para aplicar".

Os ministros das Finanças da zona euro, o Eurogrupo, reúnem-se na sexta-feira em Bruxelas para analisar o terceiro resgate à Grécia, depois de Atenas e as instituições credoras terem alcançado um acordo técnico.

"Eurogrupo extraordinário na sexta-feira, 14 de agosto, às 15:00 (14:00 em Lisboa) sobre a Grécia" anunciou Michel Reijns, porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, numa mensagem na rede social Twitter.

Atenas e os credores internacionais alcançaram na terça-feira de madrugada um acordo sobre um terceiro programa de assistência financeira ao país "de cerca de 85 mil milhões de euros", anunciou o governo grego.

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.