sicnot

Perfil

Economia

Varoufakis diz que programa de resgate à Grécia não vai funcionar

O antigo ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis considerou hoje que o programa que sustenta o terceiro resgate financeiro não vai funcionar, apesar de o primeiro-ministro grego se mostrar "confiante" na aplicação do programa.

Num anúncio surpreendente, horas apenas após o anúncio dos resultados do referendo, Yanis Varoufakis disse que abandonava o cargo de ministro das Finanças para ajudar o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, a continuar as negociações com os credores internacionais.

Num anúncio surpreendente, horas apenas após o anúncio dos resultados do referendo, Yanis Varoufakis disse que abandonava o cargo de ministro das Finanças para ajudar o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, a continuar as negociações com os credores internacionais.

© Marko Djurica / Reuters

"Pergunte a qualquer pessoa que saiba qualquer coisa sobre as finanças gregas e vão dizer-lhe que este programa não vai funcionar", disse o antigo ministro em entrevista à BBC, mostrando-se implicitamente crítico do primeiro-ministro, Alexis Tsipras, que disse estar confiante na aplicação do acordo que visa terminar com a incerteza económica no país.

"O (actual) ministro das Finanças grego diz mais ou menos a mesma coisa", acrescentou o ex-governante, que saiu há semanas do Ministério das Finanças da Grécia, na sequência da aprovação do início das negociações, depois de um referendo ter rejeitado os termos apresentados pelos credores.

Varoufakis disse à BBC que o ministro das Finanças da Alemanha "vai ter de ir ao parlamento e confessar, na prática, que este programa não vai funcionar", e acrescentou que "o Fundo Monetário Internacional está a desesperar de forma coletiva com um programa que simplesmente está ancorado numa dívida insustentável... e no entanto este é um programa que toda a gente está a trabalhar para aplicar".

Os ministros das Finanças da zona euro, o Eurogrupo, reúnem-se na sexta-feira em Bruxelas para analisar o terceiro resgate à Grécia, depois de Atenas e as instituições credoras terem alcançado um acordo técnico.

"Eurogrupo extraordinário na sexta-feira, 14 de agosto, às 15:00 (14:00 em Lisboa) sobre a Grécia" anunciou Michel Reijns, porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, numa mensagem na rede social Twitter.

Atenas e os credores internacionais alcançaram na terça-feira de madrugada um acordo sobre um terceiro programa de assistência financeira ao país "de cerca de 85 mil milhões de euros", anunciou o governo grego.

Lusa

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Mariana Mortágua acusa Governo anterior de deixar escapar milhões para offshores
    1:39

    Opinião

    Mariana Mortágua e Adolfo Mesquita estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para mais um Esquerda Direita. Mariana Mortágua acusou o Governo anterior de, por opção ou negligência, ter deixado escapar 10 mil milhões de euros para offshores. Já Adolfo Mesquita Nunes, do CDS-PP, desvalorizou o assunto afirmando que serve apenas para desviar as atenções da questão da Caixa Geral de Depósitos

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.