sicnot

Perfil

Economia

Nazaré oferece sardinhas a Assunção Cristas

A Câmara e a Associação de Pescadores e Armadores da Nazaré oferecem hoje à ministra do Mar as últimas sardinhas pescadas na zona, numa ação que visa sensibilizar o Governo para negociar melhores quotas de captura para 2016.

"Vamos estar no Ministério da Agricultura e do Mar a fazer a entrega simbólica das últimas sardinhas pescadas na Nazaré", disse à Lusa Walter Chicharro, presidente daquela vila piscatória, onde a captura de sardinha está proibida desde as 12:00 de sábado.

O objetivo da ação é sensibilizar a governante para os problemas decorrentes da quota para 2016, porque pescadores e autarquia consideram "impensável" que se aceite a quota sugerida pelo Conselho Internacional para a Exploração dos Mares (ICES).

O conselho defende, para o próximo ano, que a quota ibérica de captura de sardinha seja fixada em 1.587 toneladas, o que representa "uma redução de 90% em relação a 2015" e provocará, segundo Walter Chicharro, um "conjunto de problemas económicos e sociais que se levantarão à comunidade piscatória do país todo.

Com a iniciativa, pretende-se "simbolizar a luta que o Governo deverá assumir junto das instâncias europeias para que a quota da sardinha para 2016 não seja reduzida em 90%".

A ação está agendada para o período entre as 11:00 e as 11:30, hora a que o autarca e os representantes dos pescadores tencionam "oferecer uma caixa com 25 sardinhas à ministra e outra para entregar ao primeiro-ministro".

O protesto acontece depois de, no sábado, 10 presidentes de municípios onde há pesca de sardinha terem exigido o aumento da quota de captura para este ano e para o próximo, solidarizando-se com os pescadores de Peniche e da Nazaré.

Os 10 municípios exigiram ainda ao Governo, numa posição conjunta, que sejam rapidamente definidas "as medidas de acompanhamento para responder aos problemas resultantes da interdição e imobilização temporária das embarcações".

A posição foi subscrita pelas câmaras de Peniche, Nazaré, Figueira da Foz, Matosinhos, Sesimbra, Sines, Loulé, Portimão e Setúbal e Olhão.

Na terça-feira os operadores do setor da pesca da sardinha anunciaram também que irão solicitar uma reunião urgente à ministra da Agricultura e do Mar para pedir um aumento das quotas, assim como dos apoios atribuídos nos períodos de interrupção.

Lusa

  • Jorge Sampaio dá as boas-vindas a 54 estudantes sírios que chegaram esta madrugada a Lisboa
    0:30

    País

    O avião da Força Aérea Portuguesa vindo de Beirute aterrou no Aeroporto Militar Figo Maduro, em Lisboa, às 4h30. Estes estudantes vão, numa primeira fase, frequentar um curso intensivo de português. Depois serão integrados em universidades e politécnicos de Lisboa, no âmbito do programa de bolsas de estudo de emergência para estudantes sírios dirigido por Jorge Sampaio.

  • Carlos César promete reforço da transparência de titulares de cargos políticos
    2:13

    País

    O recém re-eleito presidente do PS apontou reforço da transparência de titulares de cargos políticos como uma das prioridades do partido, no discurso que fez esta mmanhã no congresso socialista. Enquanto isso, à porta do Centro de Exposições da Batalha, lesados do BES esperavam Costa e César para exigir o cumprimento de promessa.

  • "Acabámos com o mito de que é a direita que sabe governar as finanças públicas"
    2:15
  • Conselhos sobre as novas regras de proteção de dados 
    2:08
  • Protestos em Gaza vão continuar promete Hamas
    1:19

    Mundo

    Na fronteira da Faixa de Gaza com Israel, dezenas de palestinianos ficaram feridos noutra sexta-feira de protesto contra o bloqueio israelita. O Hamas que controla o território diz que as manifestações vão continuar apesar da repressão.

  • Jogo é a 3.000 km de Madrid mas em Santiago de Bernabéu está tudo a postos para a festa
    1:49
  • Restaurantes para grávidas, rooftops e uma viagem pelo Douro vinhateiro
    12:58