sicnot

Perfil

Economia

Portalegre volta a ter comboios de passageiros com ligação a Lisboa

O secretário de Estado dos Transportes considerou hoje que foi "devolvida a esperança" às populações do Alto Alentejo com o regresso dos comboios de passageiros entre Portalegre e Entroncamento, com ligações a Lisboa, Porto e Coimbra.

Sérgio Monteiro falava aos jornalistas, em Portalegre, após a a assinatura de um protocolo, que estabelece a reativação do traçado ferroviário, entre a CP - Comboios de Portugal, os municípios de Portalegre, Alter do Chão e Ponte de Sor, Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), Infraestruturas de Portugal e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

O regresso dos comboios à Linha do Leste, a partir do dia 25 deste mês, vai permitir às populações da zona de Portalegre, sobretudo aos estudantes do Politécnico, mais uma alternativa em termos de transportes, com ligações, a partir do Entroncamento, a Lisboa, Porto e Coimbra, segundo o acordo estabelecido.

"Nós sempre defendemos esta aproximação, uma aproximação que permita a conjugação de esforços para gastar menos, mas ao mesmo tempo para desenvolver algum bem-estar às populações", disse o secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.

O serviço de transporte ferroviário de passageiros entre Portalegre e Entroncamento é restabelecido, a partir do dia 25 deste mês, por um período de seis meses, às sextas-feiras e domingos, sendo depois feita uma avaliação.

Na cerimónia de assinatura do protocolo, o presidente do Politécnico de Portalegre, Joaquim Mourato, congratulou-se com o regresso dos comboios de passageiros ao distrito, recordando que a rede de transportes no Alto Alentejo tem sido "insuficiente" e um "forte constrangimento" ao desenvolvimento regional.

A presidente do município de Portalegre, Adelaide Teixeira, também se congratulou com o acordo alcançado, mas alertou que o distrito vive também alguns "constrangimentos" em termos de oferta do transporte rodoviário de passageiros.

A linha ferroviária do Leste, entre Entroncamento e Elvas, encerrou ao serviço de passageiros em janeiro de 2011, na sequência do Plano Estratégico de Transportes (PET).

Na altura, a CP alegou que viajavam por ano 28 mil pessoas neste eixo e que registava um prejuízo anual de 1,2 milhões de euros.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.