sicnot

Perfil

Economia

Portalegre volta a ter comboios de passageiros com ligação a Lisboa

O secretário de Estado dos Transportes considerou hoje que foi "devolvida a esperança" às populações do Alto Alentejo com o regresso dos comboios de passageiros entre Portalegre e Entroncamento, com ligações a Lisboa, Porto e Coimbra.

Sérgio Monteiro falava aos jornalistas, em Portalegre, após a a assinatura de um protocolo, que estabelece a reativação do traçado ferroviário, entre a CP - Comboios de Portugal, os municípios de Portalegre, Alter do Chão e Ponte de Sor, Instituto Politécnico de Portalegre (IPP), Infraestruturas de Portugal e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

O regresso dos comboios à Linha do Leste, a partir do dia 25 deste mês, vai permitir às populações da zona de Portalegre, sobretudo aos estudantes do Politécnico, mais uma alternativa em termos de transportes, com ligações, a partir do Entroncamento, a Lisboa, Porto e Coimbra, segundo o acordo estabelecido.

"Nós sempre defendemos esta aproximação, uma aproximação que permita a conjugação de esforços para gastar menos, mas ao mesmo tempo para desenvolver algum bem-estar às populações", disse o secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.

O serviço de transporte ferroviário de passageiros entre Portalegre e Entroncamento é restabelecido, a partir do dia 25 deste mês, por um período de seis meses, às sextas-feiras e domingos, sendo depois feita uma avaliação.

Na cerimónia de assinatura do protocolo, o presidente do Politécnico de Portalegre, Joaquim Mourato, congratulou-se com o regresso dos comboios de passageiros ao distrito, recordando que a rede de transportes no Alto Alentejo tem sido "insuficiente" e um "forte constrangimento" ao desenvolvimento regional.

A presidente do município de Portalegre, Adelaide Teixeira, também se congratulou com o acordo alcançado, mas alertou que o distrito vive também alguns "constrangimentos" em termos de oferta do transporte rodoviário de passageiros.

A linha ferroviária do Leste, entre Entroncamento e Elvas, encerrou ao serviço de passageiros em janeiro de 2011, na sequência do Plano Estratégico de Transportes (PET).

Na altura, a CP alegou que viajavam por ano 28 mil pessoas neste eixo e que registava um prejuízo anual de 1,2 milhões de euros.

Lusa

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.