sicnot

Perfil

Economia

Não estão previstos novos pagamentos antecipados ao FMI, diz ministra

Não estão previstos novos pagamentos antecipados ao FMI, diz ministra

A ministra das Finanças diz que não estão equacionados novos pagamentos de dívida ao FMI até ao final do ano. O que havia a pagar já está pago. Agora tudo depende das condições de mercado e nada tem a ver com a venda falhada do Novo Banco, garantiu Maria Luís Albuquerque.

  • O "lapso" de Passos sobre o pagamento ao FMI
    0:35

    Novo Governo

    Pedro Passos Coelho diz que o Estado já pagou antecipadamente ao FMI mais de 8 mil milhões de euros, desde o início do ano. Foi desta forma que, no discurso desta noite, em Faro, o líder da coligação Portugal à Frente corrigiu o que tinha dito à hora de almoço. Um "lapso", foi assim que o próprio gabinete do primeiro-ministro classificou o anúncio que acabou por marcar o dia da coligação, numa declaração durante o comício da hora de almoço, em Beja.

  • Passos admite lapso, Portas lança ataques diretos a Costa
    3:11

    Novo Governo

    Passos Coelho admite ter-se enganado quando anunciou um pagamento antecipado ao FMI. Ontem à noite, aproveitou o comício de Faro para corrigir a gafe e depois partiu para o ataque: numa indireta a António Costa, disse que o país não pode ficar à mercê da vaidade e do capricho político do PS.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC