sicnot

Perfil

Economia

Miguel Almeida diz que fim da parceria entre Isabel dos Santos e Sonae é um "não assunto"

O presidente executivo da NOS, Miguel Almeida, considerou na quinta-feira à noite que o fim da parceria em Angola entre a empresária angolana Isabel dos Santos e a Sonae, ambos acionistas da operadora, é "um não assunto".

SIC

Na segunda-feira foi tornado público o fim da parceria da Sonae com Isabel dos Santos em Angola no projeto de retalho alimentar.

A Sonae e Isabel dos Santos são acionistas da NOS através da ZOPT.

Questionado sobre o impacto do fim desta parceria, Miguel Almeida foi perentório: "Para mim, é completamente um não assunto".

O gestor falava no jantar-debate organizado pela APDC - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, que decorreu em Lisboa.

"Estamos muito satisfeitos com os acionistas que temos, em particular com o Conselho de Administração que temos", afirmou, sublinhando não ver qualquer impacto na operadora de telecomunicações.

Relativamente ao balanço que faz da fusão da Zon com a Optimus, que resultou na NOS, o gestor disse que "não há dúvidas que o sucesso é inequívoco".

"O balanço é extremamente positivo", disse.

Recordou que a operadora tinha um objetivo ambicioso e que em dois anos reforçou a sua posição competitiva no mercado e aumentou a quota.

"Desde a fusão crescemos três pontos percentuais de quota no mercado", disse, admitindo antecipar a meta que tinha para cinco anos (de aumento de cinco pontos percentuais para 30%).

Questionado sobre a venda da Cabovisão e Oni pela Altice ao fundo Apax e o que espera, o gestor disse não conhecer o comprador, nem os planos que tem para Portugal, pelo que se escusou a comentar.

Relativamente à Altice, Miguel Almeida afirmou: "Sobre esses tenho mais curiosidade".

Sobre a entrada do Netflix em Portugal, o presidente da NOS disse que a empresa "é muito bem-vinda" e considerou que esta não é concorrente dos operadores de telecomunicações.

"Não afeta o negócio de um operador de telecomunicações, não afeta de todo um operador de televisão paga", disse, defendendo que "isso até estimula o consumo".

Sobre a Sport TV, onde a NOS é acionista, escusou-se a comentar, já que considerou não ser simpático fazer comentários sobre uma empresa onde não tem qualquer cargo executivo.

Questionado se como gestor gosta de pagar salários baixos, tal como um responsável da Altice afirmou recentemente, Miguel Almeida recordou que a NOS pagou há pouco tempo um prémio extraordinário aos seus trabalhadores "como reconhecimento do seu enorme sucesso".

No que respeita ao patrocínio da I Liga de futebol, também conhecida como Liga NOS, o gestor disse acreditar que "é um bom investimento" para a operadora.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.