sicnot

Perfil

Economia

EasyJet abre centro de atendimento em Lisboa que criará 190 postos de trabalho

A easyJet vai abrir um novo centro de atendimento e assistência ao cliente em Lisboa, resultado de uma parceria com a prestadora de serviços ao consumidor Webhelp, que deverá criar 190 postos de trabalho, anunciou hoje a companhia aérea.

REUTERS

Em comunicado, a companhia aérea de baixo custo adiantou que estima criar 190 novos postos de trabalho no país, entre administrativos e operadores, realçando que é demonstrativo "do compromisso da companhia aérea com o Governo e com os portugueses".

O centro de atendimento ao cliente de Lisboa vai prestar serviço em português, inglês, alemão, francês, italiano e espanhol, adianta a transportadora britânica.

O processo de aquisição dos centros teve início em setembro, sendo o contrato por um período de cinco anos.

Criada em 2000, a empresa francesa Webhelp tem na sua lista de clientes também grandes empresas como a Vodafone, Air France e a Sky.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC