sicnot

Perfil

Economia

Fosun admite investir na área da banca privada em Portugal

A chinesa Fosun, dona da Fidelidade, quer continuar a crescer no mercado português e está a estudar oportunidades na área da banca privada, revelou hoje em Lisboa o responsável pela comunicação do grupo chinês, Chen Bo.

"Ainda estamos à procura de boas oportunidades no 'private banking' [banca privada]. As oportunidades estão em todo o lado, há muitas, mas têm que ir ao encontro da nossa estratégia", afirmou o diretor-geral de comunicação da Fosun, num encontro com jornalistas na capital portuguesa.

Questionado pela Lusa sobre se a Fosun tentou comprar o BES Investimento (BESI), que foi recentemente adquirido pela chinesa Haitong ao Novo Banco por 379 milhões de euros, Chen Bo não abriu o jogo.

"Quando as oportunidades são boas, muita gente gosta e a concorrência também está atenta", atirou, sem aprofundar mais a matéria.

Certo é que a Fosun foi uma das três entidades (a par da chinesa Anbang e da norte-americana Apollo) que esteve na corrida à compra do Novo Banco até ao Banco de Portugal ter decidido interromper o processo de venda do banco de transição resultante da intervenção no antigo Banco Espírito Santo (BES), em meados de setembro.

Confrontado sobre a abertura da Fosun em vir a participar no novo procedimento de venda do Novo Banco já anunciado pelo Banco de Portugal, Chen Bo jogou à defesa.

"Não comentamos nenhuma operação específica", afirmou, acrescentando que "a Fosun respeita inteiramente a decisão do regulador português e reitera o seu compromisso de longo prazo com Portugal".

Depois de ter adquirido com sucesso a Fidelidade - a maior seguradora portuguesa que era detida pelo banco público, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) - e a Luz Saúde (antiga Espírito Santo Saúde), o mercado português continua a constar no radar de investimento da Fosun.

"Estamos apostados na construção de duas plataformas fortes a nível internacional: uma na área financeira, na banca privada e nos seguros, e a outra na área da saúde, do bem-estar e do entretenimento", salientou Chen Bo, apontando para as aquisições recentes de uma participação de 25% no Cirque du Soleil e do Club Med, que fizeram correr muita tinta na imprensa mundial.

O objetivo é acompanhar as necessidades da classe média chinesa que, segundo Chen Bo, "ainda tem bastante potencial de crescimento".

E a crise nas bolsas chinesas não vai desviar a Fosun desta estratégia, assegurou.

"Nesta fase, a prioridade é a integração das empresas que já constam do nosso portefólio, potenciando as sinergias entre elas", vincou o porta-voz do grupo chinês, assegurando que "isso não significa que se vai interromper o investimento".

Chen Bo falava com os jornalistas à margem da sessão de apresentação do Programa Protechting, lançado pela Fidelidade e pela Fosun, que visa fomentar a criatividade e o empreendedorismo em Portugal.

A captação e aceleração de 'start ups' (jovens empresas) é o objetivo deste projeto, que conta com o apoio da Beta-i.

Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16