sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a subir a dois, cinco e dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a subir a dois, cinco e dez anos em relação aos valores de sexta-feira, alinhados com os da Grécia, Itália e Espanha.

Arquivo

Cerca das 08:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a avançar para 2,424%, contra 2,396% na sexta-feira, e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

No prazo de dois anos, os juros estavam a subir para 0,235%, acima dos 0,232% de sexta-feira, depois de a 08 de julho terem batido o máximo, de 0,807%, desde outubro.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi atingido a 13 de abril passado.

Os juros a cinco anos também estavam a subir para 1,103%, contra 1,086% no fecho de sexta-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho e o mínimo de 0,749% a 10 de abril.

Os juros da dívida da Irlanda estavam a subir a dois anos e estáveis a cinco e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:40:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

12/10....0,235.....1,103....2,424

09/10....0,232.....1,086....2,396

Grécia

12/10......9,065....n disp....7,721

09/10......9,025....n disp....7,705

Irlanda

12/10......-0,162....0,307.....1,178

09/10......-0,163....0,307.....1,178

Itália

12/10......0,084.....0,695....1,178

09/10......0,072.....0,684....1,692

Espanha

12/10......0,071......0,817....1,848

09/10......0,067......0,806....1,828

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.