sicnot

Perfil

Economia

Legalização de canábis reverteria milhões para os governos

A conclusão é de um estudo britânico: o Governo arrecadaria milhões de libras por ano em impostos e em cortes no policiamento e nas prisões com a legalização da canábis.

© Ueslei Marcelino / Reuters

O relatório do Tesouro britânico, a que a BBC teve acesso, afirma que a regulação do mercado "traria um enorme retorno em impostos" e "levaria a uma grande poupança na justiça criminal". Segundo a estimativa, com a receita dos impostos e o cortes na despesa, reduziriam o défice orçamental britânico em 1,25 mil milhões de libras por ano (cerca de 1.67 mil milhões de euros).

O estudo sublinha que 2,2 milhões de britânicos entre os 16 e os 59 anos terão consumido canábis no ano passado - o que equivale a 216 toneladas da substância.

No início desta semana, o Parlamento britânico debateu a questão, após ter recebido uma petição com mais de 220 mil assinaturas a pedir a legalização da canábis. No entanto, o Governo não tenciona alterar a lei que classifica a droga como ilegal, cuja posse é punida com prisão e multa.

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.