sicnot

Perfil

Economia

Rendimento das famílias sobe 0,1% na zona euro no 2º trimestre

O rendimento real per capita do agregado familiar na zona euro aumentou 0,1% no segundo trimestre de 2015, face ao período homólogo de 2014, e depois de ter crescido 0,9% entre janeiro e março, divulgou hoje o Eurostat.

© Andrea Comas / Reuters

Ainda segundo o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), o consumo per capita das famílias estabilizou entre abril e junho, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, tendo aumentado 0,8% no primeiro trimestre de 2015.

Já no que respeita o conjunto dos 28 Estados-membros, o rendimento do agregado familiar caiu 0,1% no segundo trimestre de 2015, na comparação homóloga.

Já o consumo doméstico cresceu 0,1% face ao segundo trimestre do ano passado.

Entre janeiro e março de 2015 ambos os indicadores tinham aumentado, respetivamente 1,1% e 0,6% na UE.

O rendimento real dos agregados familiares por habitante é definido como o rendimento bruto ajustado das famílias dividido pela população total.

O consumo real é definido como o consumo final dos agregados familiares, em termos nominais, dividido pela população total.

A ambos os indicadores são ainda aplicados os índices de preços.

Lusa

  • Quem é Elon Musk?
    9:42
  • "Bashar Al-Assad continua a fazer tudo o que quer contra o seu próprio povo"
    0:48
  • A história da neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial
    3:20