sicnot

Perfil

Economia

Fiat Chrysler chama às oficinas quase 900 mil veículos por defeitos nos air-bags e ABS

A Fiat Chrysler anunciou hoje que vai retirar quase 900 mil carros do mercado americano por defeitos de fabrico nos 'air-bags' e nos sistemas de ABS (anti-bloqueio dos travões), que causaram já sete situações de ferimentos.

© Eduardo Munoz / Reuters

A notícia está a ser avançada pela agência financeira Bloomberg, que dá conta de que a Fiat vai retirar do mercado, numa primeira fase, 351.989 Jeep Liberty SUV (veículos utilitários desportivos) de 2003 e Jeep Grand Cherokees de 2004 para reparar os módulos de controlo do 'air-bag' e os sensores de impacto.

Destes veículos, a empresa estima chamar à oficina 284.089 veículos provenientes dos Estados Unidos, 13.411 do Canadá, 6.277 do México e 48.212 fora da América do Norte.

Até ao momento, a Fiat já teve conhecimento de sete casos em que o 'air-bag' disparou indevidamente, o que provocou ferimentos nos passageiros.

Numa segunda fase, a empresa pretende chamar às oficinas 541.709 Dodge Journeys fabricados entre 2012 e 2015, desta vez devido a falhas no sistema ABS, apesar de não serem ainda conhecidos incidentes relacionados com estes defeitos de fabrico.

Do conjunto dos veículos afetados, a Fiat diz que 275.614 estão nos Estados Unidos, 78.148 no Canadá, 36.471 no México e 151.476 fora da América do Norte, este veículo é vendido como Fiat Freemont.

Em julho, a Fiat Chrysler aceitou pagar uma multa recorde de 105 milhões de dólares (cerca de 95,5 milhões de euros) nos Estados Unidos, no seguimento de uma investigação governamental à companhia, relacionada com 23 chamadas às oficinas no país, envolvendo mais de 11 milhões de veículos.

A Administração norte-americana de Segurança no Trânsito (National Highway Traffic Safety Administration, em inglês) exigiu que os consumidores pudessem devolver os seus veículos à empresa se as reparações não fossem completadas.

Lusa

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.