sicnot

Perfil

Economia

Tráfego automóvel nas autoestradas cresce 7% em junho

O tráfego nas autoestradas portuguesas aumentou 7% em junho face ao mesmo mês de 2014, segundo dados do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT)

De acordo com o relatório de tráfego do segundo trimestre deste ano, divulgado hoje pelo IMT, a circulação no conjunto das autoestradas nacionais aumentou 5,2% em abril, 7% em maio e 7% em junho, face aos respetivos meses do ano passado.

A circulação automóvel sobe na esmagadora maioria das autoestradas, mas regista uma queda de 14,5% na A21, em junho, face ao mesmo mês de 2014 (de 163.023 veículos a circularem para 139.378 ) e uma diminuição de 3,4% na Autoestrada de Cascais (A5), de 756.874 para 731.194 veículos.

O maior aumento, de 42,9% (de 15.875 para 22.682 veículos), foi verificado na A13-1 (Almalaguês - Condeixa-a-Nova) em junho (perante o mesmo mês de 2014), seguido da subida verificada na concessão do Douro Litoral (que é constituída por três autoestradas situadas a norte do País), que subiu de 386.146 veículos para 467.659, também em junho.

Os números hoje divulgados pelo IMT vão ao encontro dos dados divulgados pela Brisa Concessão Rodoviária, aquando da divulgação dos resultados referentes ao primeiro semestre.

O tráfego médio diário na Brisa Concessão Rodoviária (BCR) aumentou 7% até junho, o que conduziu a um aumento de 7,1% das receitas de portagem no mesmo período, tendo o aumento do tráfego ocorrido em todas as autoestradas da concessão.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.