sicnot

Perfil

Economia

Deutsche Bank multado em 200 milhões de dólares

O Deutsche Bank vai pagar uma multa superior a 200 milhões de dólares (182 milhões de euros) às autoridades dos EUA por ter violado as sanções económicas impostas a países como o Irão e a Síria.

(arquivo)

(arquivo)

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

A informação foi dada à agência francesa AFP por uma fonte ligada ao processo.

O banco alemão vai fazer o pagamento ao regulador dos serviços financeiros de Nova Iorque (DFS, na sigla em Inglês) e à Reserva Federal (Fed), segundo esta fonte, que se exprimiu sob anonimato.

A decisão pode ser anunciada durante esta semana.

Contactadas pela AFP, nem o DFS nem o banco quiseram fazer comentários.

Contudo, o Deutsche Bank, mesmo depois de pagar a multa, ainda não encerra o processo, uma vez que há outros reguladores norte-americanos que continuam os seus próprios inquéritos, como o Departamento de Justiça, que abriu um processo penal.

O DSF, conhecido pela sua dureza face aos grandes bancos, inquiria há meses as relações comerciais do Deutsche Bank com os países sob embargo económico dos EUA.

Procurava determinar, em concreto, se a antena nova-iorquina do maior banco alemão tinha efetuado transações por conta de entidades ou pessoas iranianas e sírias.

O DFS e o Deutsche Bank continuam a discutir outras infrações cometidas pelo banco alemão, como as manipulações das taxas de câmbio e a lavagem de dinheiro alegadamente proveniente da Federação Russa, ainda segundo a mesma fonte.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41