sicnot

Perfil

Economia

Greve na Lufthansa já provocou anulação de 520 voos

A greve de pessoal de cabine da Lufthansa continua hoje nos aeroportos de Frankfurt e de Dusseldorf e já resultou na anulação de 520 voos, afetando cerca de 58 mil passageiros, segundo a companhia aérea alemã.

(arquivo)

(arquivo)

© Ralph Orlowski / Reuters

Os voos suprimidos são de curto e médio curso, já que as ligações de longo curso foram mantidas, com exceção do voo entre Dusseldorf e Newark, nos EUA, indicou uma porta-voz da Lufthansa em Frankfurt.

Cerca de 1.600 quartos de hotel foram reservados pela companhia aérea para a noite de sexta-feira para hoje, principalmente em Frankfurt, de modo a possibilitar o alojamento dos passageiros, enquanto cerca de meia centena de viajantes tiveram de passar a noite em zona de trânsito, devido à falta de visto para entrar em território alemão, precisou a mesma fonte.

Hoje é o segundo dia da greve que deverá prolongar-se até 13 de novembro, com algumas pausas, pois o sindicato de pessoal de cabine UFO anunciou a suspensão da paralisação no domingo, já que "neste dia, a maior parte das viagens são de carácter privado".

As negociações entre a transportadora aérea e os delegados de pessoal de navegação, iniciadas em dezembro de 2013, centram-se em questões relacionadas com os salários, mas também com a proteção contra os despedimentos ou as reformas e as pré-reformas, definidas por convenções coletivas.

Lusa

  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Lançamento de balões no São João do Porto em risco

    País

    Lançar balões nas festas do São João do Porto pode não ser possível este ano, tudo irá depender das condições atmosféricas. A Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural admitiu, esta quarta-feira, que está a acompanhar a situação mas que ainda nada está decidido.