sicnot

Perfil

Economia

Fitch corta nota da Volkswagen devido a fraude de emissões poluentes

A agência de notação financeira Fitch baixou hoje a nota da dívida do construtor automóvel Volkswagen, envolvido na violação de normas antipoluição.

Martin Meissner

Duas outras agências, a Moody's e a Standard and Poor's, já tinham tomado decisão idêntica.

A dívida a longo prazo da Volkswagen, classificada como "A", foi reduzida em dois níveis para "BBB+", com perspetiva negativa, o que significa que pode ser de novo reduzida, segundo um comunicado.

"Esta degradação reflete os problemas de gestão, de direção e de controlo interno revelados" pelo escândalo de instalação em milhões de veículos de um dispositivo destinado a enganar os controlos antipoluição, de acordo com a Fitch.

As três principais agências de notação colocaram em setembro a nota da Volkswagen sob vigilância negativa, quando foi revelado o escândalo.

Depois, a Standard and Poor's baixou a nota em meados de outubro e a Moody's fez o mesmo na passada quarta-feira, quando foram divulgados novos desenvolvimentos deste caso.

Hoje, a Fitch precisou que a sua decisão de baixar a nota do grupo tem em conta "os efeitos financeiros diretos e indiretos que podem ser esperados na sequência desta crise", como o custo da reparação dos veículos atingidos, potenciais multas e processos em todo o mundo, bem como uma possível diminuição do volume de negócios.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22