sicnot

Perfil

Economia

Custo do trabalho baixa 2,8% no 3º trimestre

O Índice de Custo do Trabalho (ICT) baixou 2,8% no terceiro trimestre, face ao mesmo período do ano passado, e depois de ter aumentado 2,6% no trimestre anterior, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo INE, para esta evolução contribuíram reduções de 2,5% nos custos salariais, de 3,9% nos outros custos do trabalho, de 3,1% nos custos médios do trabalho e de 0,5% no número de horas efetivamente trabalhadas.

No setor privado, por sua vez, o ICT terá crescido 2,5%, particularmente na Indústria (3,7%) e diminuído 9,1% nas atividades das Administrações Públicas, acrescenta o INE.

O INE conclui ainda que desde o primeiro trimestre de 2010 (excetuando o quarto trimestre desse ano, os três últimos trimestres de 2013 e o primeiro e segundo trimestres de 2015), o ICT em Portugal registou variações inferiores às observadas para a média da União Europeia.

O Índice de Custo do Trabalho (ICT), calculado pelo INE e ajustado de dias úteis, é um indicador de curto prazo da evolução dos custos suportados pela entidade patronal, por hora efetivamente trabalhada, e inclui custos salariais e outros, como contribuições para a Segurança Social, seguros de saúde, indemnizações por despedimento, entre outros.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.