sicnot

Perfil

Economia

Galp Energia confirma descoberta de mais petróleo no Brasil

A Galp Energia anunciou hoje mais uma descoberta de petróleo no mar do Brasil, na área de Pitu Norte da bacia de Potiguar, num consórcio em que a petrolífera portuguesa detém 20%.

(SIC/Arquivo)

(SIC/Arquivo)

© Bruno Domingos / Reuters

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Galp Energia informa que "a perfuração do poço de extensão Pitu Norte confirmou a descoberta de petróleo na área de Pitu (Bloco BM-POT-17), em águas profundas da bacia de Potiguar", adiantando que a descoberta de crude na área de Pitu foi inicialmente comunicada ao mercado a 17 de dezembro de 2013.

"O poço 3-BRSA-1317-RNS, informalmente conhecido como Pitu Norte, é o primeiro poço de extensão na área do Plano de Avaliação da Descoberta (PAD) de Pitu, a cerca de 60 quilómetros do litoral do Estado do Rio Grande do Norte, e a uma profundidade de água de 1.844 metros, com profundidade final de 4.200 metros", acrescenta.

A Galp Energia refere ainda que a descoberta foi comprovada por meio de análise de perfis e de resultados de pré-testes, "sendo que as amostras de fluido obtidas no poço serão posteriormente analisadas em laboratório".

A Galp Energia, através da subsidiária Petrogal Brasil, tem uma participação de 20% no consórcio que explora o BM-POT-17, cabendo as restantes participações à Petrobras (40%) e à BP (40%).

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.