sicnot

Perfil

Economia

BCE adverte que mais atos terroristas na Europa podem afetar confiança

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, advertiu hoje que mais episódios de terrorismo na Europa podem afetar a confiança e a recuperação económica da zona euro.

A sede do BCE, em Frankfurt, Alemanha.

A sede do BCE, em Frankfurt, Alemanha.

© Ralph Orlowski / Reuters

Constâncio falava na apresentação do relatório de estabilidade financeira, no qual o BCE analisa os principais riscos para o sistema.

"O que ocorreu afetará temporariamente o consumo nos países mais atingidos pelos atentados, mas o que temos visto noutros casos, como no atentado ao 'Charlie Hebdo', é que o consumo diminui, mas isso é corrigido nos meses seguintes", afirmou.

"De momento, o impacto é limitado, mas mais casos mudam a situação", acrescentou Constâncio, citado pela Efe.

O vice-presidente do BCE acrescentou que a instituição analisará na próxima semana se deve aplicar mais estímulos monetários na zona euro, decisão que dependerá das próximas previsões de inflação. Em setembro, o BCE tinha avançado com uma previsão de inflação de 0,1% em 2015, de 1,1% em 2016 e de 1,7% em 2017.

Os mercados antecipam que Mario Draghi, presidente do BCE, vai anunciar na próxima semana mais estímulos monetários na zona euro.

Desde março, o BCE está a comprar dívida pública e privada no valor de 60 mil milhões de euros mensais e tinha previsto manter a iniciativa até setembro de 2016.

Draghi pode anunciar um aumento do volume de compras ou um prolongamento do programa.

O BCE também estuda a possibilidade de reduzir a sua taxa de depósitos, que já se encontra em terreno negativo (-0,2%).

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.