sicnot

Perfil

Economia

Mário Centeno apresenta hoje ao Eurogrupo planos económicos do Governo

O ministro das Finanças, Mário Centeno, participa hoje, em Bruxelas, na sua primeira reunião do Eurogrupo, na qual deverá apresentar aos seus homólogos dos países da zona euro os planos e prioridades económicas do XXI Governo Constitucional.

11:50 - O deputado do PS Mário Centeno diz que o Governo PSD/CDS-PP será despedido por "justa causa" no Parlamento.

11:50 - O deputado do PS Mário Centeno diz que o Governo PSD/CDS-PP será despedido por "justa causa" no Parlamento.

ANT\303\223NIO COTRIM

Numa altura em que a Comissão Europeia já comunicou a Centeno que está disponível a esperar até início de janeiro pelo projeto orçamental de Portugal para 2016, um alto responsável do fórum de ministros das Finanças da zona euro admitiu que o Eurogrupo está "curioso" por ouvir o novo titular da pasta das Finanças, que sucede a Maria Luís Albuquerque.

O responsável lembrou que Mário Centeno "já esteve na cidade" de Bruxelas, na terça-feira passada, "para uma primeira série de discussões com a Comissão" Europeia, devendo hoje, "como é habitual para um novo ministro de um novo governo, apresentar os planos políticos e prioridades do recém-empossado Governo".

Questionado sobre se há preocupação no seio do Eurogrupo com os planos do novo Governo socialista, o alto responsável do fórum de ministros das Finanças da zona euro admitiu que o Eurogrupo está "curioso" relativamente ao projeto orçamental que Lisboa deve apresentar a Bruxelas em janeiro, designadamente de que modo o novo executivo liderado por António Costa conta manter o país "no caminho da consolidação orçamental e das reformas estruturais", que visam resolver os grandes problemas de competitividade do país.

Por fim, o mesmo responsável apontou que, apesar de Portugal já não estar sob programa de assistência financeira, "há muitos instrumentos" através dos quais as políticas económicas do país são monitorizadas -- de uma forma mais constante do que países que não tenham tido assistência externa, apontou -, entre os quais a vigilância pós-programa e a vigilância por desequilíbrios macroeconómicos.

Mário Centeno fará hoje a sua estreia em reuniões do Eurogrupo, depois de, na última terça-feira, já se ter deslocado à sede da Comissão Europeia, para reuniões nas quais o executivo comunitário lhe comunicou que está disposto a esperar "até final do ano/início de janeiro", pelo esboço do plano de Orçamento do Estado para 2016, que Portugal deveria ter apresentado até 15 de outubro passado.

Fonte comunitária disse à agência Lusa que o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude-Juncker, deixou claro que Bruxelas "não quer um plano de orçamento com base num cenário de políticas inalteradas", mas que até "ao final do ano/início de janeiro deverá ser entregue um verdadeiro plano de Orçamento do Estado".

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.