sicnot

Perfil

Economia

Mário Centeno apresenta hoje ao Eurogrupo planos económicos do Governo

O ministro das Finanças, Mário Centeno, participa hoje, em Bruxelas, na sua primeira reunião do Eurogrupo, na qual deverá apresentar aos seus homólogos dos países da zona euro os planos e prioridades económicas do XXI Governo Constitucional.

11:50 - O deputado do PS Mário Centeno diz que o Governo PSD/CDS-PP será despedido por "justa causa" no Parlamento.

11:50 - O deputado do PS Mário Centeno diz que o Governo PSD/CDS-PP será despedido por "justa causa" no Parlamento.

ANT\303\223NIO COTRIM

Numa altura em que a Comissão Europeia já comunicou a Centeno que está disponível a esperar até início de janeiro pelo projeto orçamental de Portugal para 2016, um alto responsável do fórum de ministros das Finanças da zona euro admitiu que o Eurogrupo está "curioso" por ouvir o novo titular da pasta das Finanças, que sucede a Maria Luís Albuquerque.

O responsável lembrou que Mário Centeno "já esteve na cidade" de Bruxelas, na terça-feira passada, "para uma primeira série de discussões com a Comissão" Europeia, devendo hoje, "como é habitual para um novo ministro de um novo governo, apresentar os planos políticos e prioridades do recém-empossado Governo".

Questionado sobre se há preocupação no seio do Eurogrupo com os planos do novo Governo socialista, o alto responsável do fórum de ministros das Finanças da zona euro admitiu que o Eurogrupo está "curioso" relativamente ao projeto orçamental que Lisboa deve apresentar a Bruxelas em janeiro, designadamente de que modo o novo executivo liderado por António Costa conta manter o país "no caminho da consolidação orçamental e das reformas estruturais", que visam resolver os grandes problemas de competitividade do país.

Por fim, o mesmo responsável apontou que, apesar de Portugal já não estar sob programa de assistência financeira, "há muitos instrumentos" através dos quais as políticas económicas do país são monitorizadas -- de uma forma mais constante do que países que não tenham tido assistência externa, apontou -, entre os quais a vigilância pós-programa e a vigilância por desequilíbrios macroeconómicos.

Mário Centeno fará hoje a sua estreia em reuniões do Eurogrupo, depois de, na última terça-feira, já se ter deslocado à sede da Comissão Europeia, para reuniões nas quais o executivo comunitário lhe comunicou que está disposto a esperar "até final do ano/início de janeiro", pelo esboço do plano de Orçamento do Estado para 2016, que Portugal deveria ter apresentado até 15 de outubro passado.

Fonte comunitária disse à agência Lusa que o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude-Juncker, deixou claro que Bruxelas "não quer um plano de orçamento com base num cenário de políticas inalteradas", mas que até "ao final do ano/início de janeiro deverá ser entregue um verdadeiro plano de Orçamento do Estado".

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.