sicnot

Perfil

Economia

PIB da zona euro cresce 1,6% no 3º trimestre face ao mesmo período de 2014

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,6% na zona euro e 1,9% na União Europeia (UE) no terceiro trimestre de 2015, face ao período homólogo de 2014, divulga hoje o Eurostat.

(Reuters/ Arquivo)

Já na comparação com o período entre abril e junho, a economia da zona euro progrediu 0,3% na zona euro e 0,4% na UE.

Entre os países para os quais o gabinete oficial de estatísticas da UE tem dados disponíveis, as maiores subidas homólogas dos PIB no terceiro trimestre registaram-se em Malta (5,6%), República Checa (4,5%), Suécia (3,9%) e Polónia (3,6%).

As únicas economias que contrariam foram a da Grécia (-1,1%) e da Finlândia (-0,2%).

Face ao trimestre anterior, entre julho e setembro o PIB teve os maiores aumentos na Roménia (1,4%), Croácia (1,3%), Malta (1,1%) e Letónia (1,0%).

A Grécia (-0,9%), Estónia e Finlândia (-0,5%) e a Dinamarca (-0,1%) viram a sua economia recuar na variação trimestral.

Em Portugal, o PIB cresceu 1,4% na comparação homóloga e estagnou face ao trimestre anterior.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.