sicnot

Perfil

Economia

Angus Deaton, um Nobel da Economia contra a austeridade

O Prémio Nobel da Economia de 2015, Angus Deaton, que vai receber na quinta-feira o galardão, afirmou que não é a favor da austeridade para gerir crises económicas.

Prémio Nobel da Economia 2015, Angus Deaton (Reuters)

Prémio Nobel da Economia 2015, Angus Deaton (Reuters)

© TT News Agency / Reuters

Deaton, que falava em entrevista à agência Efe, referiu que a crise nos anos 30 do século passado mostrou que "não é essa a forma de abordar estas questões".

"Haverá sempre economistas que pensam que a austeridade é uma boa ideia, mas creio que a maioria não pensa assim, gostaríamos que houvesse mais gastos", afirmou.

O economista, distinguido com o Nobel pela sua "análise sobre o consumo, a pobreza e o bem-estar" nasceu na Escócia há 69 anos e trabalha nos Estados Unidos, na Universidade de Princeton, na área do desenvolvimento económico.

Numa semana em que a cimeira do clima em Paris entra na fase final, o Nobel afirmou-se convencido de que "a economia pode respeitar o meio ambiente".

As soluções para conseguir esse objetivo passam "por uma maior inovação, não tentando parar o crescimento económico".

"Necessitamos de novas formas para fazer as coisas, novas técnicas que não impliquem a queima de combustíveis fósseis e seria bom ver mais esforços canalizados para a inovação", defendeu.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.