sicnot

Perfil

Economia

Dono da Fosun "está a cooperar com autoridades em investigação"

A Fosun International anunciou hoje que o seu presidente "está a cooperarar com as autoridades numa investigação". A empresa adinta que as suas ações vão voltar à negociação na próxima segunda-feira. Guo Guangchang, dono do Hospital da Luz e da Fidelidade, estava desaparecido desde ontem, havendo informações de que teria sido detido.

© Bobby Yip / Reuters

Em comunicado, o grupo chinês que detém em Portugal a seguradora Fidelidade e a Espírito Santo Saúde, afirmou ainda que Guo Guangchang vai continuar a participar nas decisões da empresa e que não há "impacto negativo" para o grupo das investigações em curso.

O comunicado não detalha, contudo, o motivo pelo qual o multimilionário chinês está a cooperar com as autoridades.

A Fosun tinha anunciado na quinta-feira que Guo Guangchang estava "incontactável", tendo esse desaparecimento ocorrido no meio de informações de que foi detido à chegada a Xangai, num voo proveniente de Hong Kong, no âmbito de uma investigação sobre corrupção.

Nascido na província de Zhenjiang, Guo fundou o grupo Fosun em 1992. O conglomerado controla atualmente, a nível internacional, inúmeras empresas do setor farmacêutico, imobiliário, retalho, aço, minas, seguros e fundos de investimento, incluindo a seguradora Fidelidade e Luz Saúde (antiga Espírito Santo Saúde) em Portugal.

Com uma fortuna pessoal de 6,61 mil milhões de euros, Guo Guangchang é o 11.º homem mais rico da China, segundo dados publicados pela revista norte-americana Forbes.

As autoridades chinesas mantêm um apertado escrutínio sobre o setor financeiro do país desde que, entre meados de junho e o dia 9 de julho, a bolsa de Xangai desvalorizou 30%, depois de ter avançado 150% no espaço de um ano.

No dia 27 de novembro, a Haitong, que adquiriu o antigo banco de investimento português BESI (atual Haitong) suspendeu as negociações nas praças financeiras de Xangai e de Hong Kong, após notificação de que estaria a ser investigada pelo regulador devido a suspeitas de irregularidades nos contratos estabelecidos com os clientes e a prática de empréstimos com imposição de margens.

Em Portugal, além da Fidelidade e da Luz Saúde, o Fosun detém uma participação de 5,3% na REN e foi um dos candidatos à compra do Novo Banco, até as negociações terem sido suspensas em setembro pelo Banco de Portugal.

No último ano, segundo os dados compilados pela agência Bloomberg até julho, o gigante empresarial, dono do Club Mediterranee, anunciou 10 aquisições num total de 6,4 mil milhões de dólares (5,6 mil milhões de euros).

Com Lusa

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Presidente do Montepio tranquiliza clientes do banco
    1:58

    Economia

    O presidente do Montepio garante que os clientes do banco podem estar seguros e reafirma que a instituição não tem qualquer exposição à Associação Mutualista. No programa da SIC Notícias Negócios da Semana, José Félix Morgado assumiu que é preciso separar ainda mais as duas instituições.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.