sicnot

Perfil

Economia

Ministros do Mar e da Agricultura reúnem-se em Bruxelas com homólogos da UE

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, participa hoje na primeira reunião com os seus homólogos da União Europeia (UE), em Bruxelas, para definir as possibilidades de pesca para 2016, negociações tradicionalmente duras e longas.

A proposta da Comissão Europeia para Portugal prevê subidas para a quota do carapau nas águas continentais portuguesas, em 2016, mas outras como areeiro, tamboril, raia e bacalhau deverão baixar.

A proposta da Comissão Europeia para Portugal prevê subidas para a quota do carapau nas águas continentais portuguesas, em 2016, mas outras como areeiro, tamboril, raia e bacalhau deverão baixar.

© Nacho Doce / Reuters

A proposta da Comissão Europeia para Portugal prevê subidas para a quota do carapau nas águas continentais portuguesas, em 2016, mas outras como areeiro, tamboril, raia e bacalhau deverão baixar.

No final dos trabalhos, que podem arrastar-se pela madrugada, os totais admissíveis de capturas e respetivas quotas nacionais são normalmente revistos em alta face à proposta de Bruxelas.

Também hoje o ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, regressa a Bruxelas para tratar dos pontos na agenda que respeitam à sua pasta e reunir-se com o comissário europeu da tutela, Phil Hogan.

Capoulas Santos foi eurodeputado durante dois mandatos e ministro da Agricultura entre 1998 e 2002.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.