sicnot

Perfil

Economia

Governo quer injetar 100 milhões na economia nos primeiros 100 dias de governação

O Governo pretende injetar 100 milhões de euros na economia nos primeiros 100 dias de governação, através de medidas que facilitem o acesso aos fundos estruturais e ao investimento, que serão incluídas no chamado Plano 100.

TIAGO PETINGA

Fonte do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas disse à Lusa que o Plano 100 pretende acelerar o investimento empresarial através da injeção de 100 milhões de euros na economia nos primeiros 100 dias do Governo socialista de António Costa, no âmbito do programa Portugal 2020.

Entre as medidas que integram o Plano 100 está a flexibilização das regras de adiantamentos, "possibilitando a escolha por adiantamentos de 10%, 25% e 50%", tendo também sido "diminuída a cobertura das garantias bancárias exigidas e flexibilizado o modo de comprovação do início do projeto".

O Plano 100 inclui também uma nova linha de garantia mútua para adiantamentos, que será disponibilizada até ao final do ano e que permite que as garantias exigidas para o levantamento de adiantamentos de incentivos por parte das empresas com projetos aprovados possam ser obtidas junto do sistema de garantia mútua e não apenas junto dos bancos.

Fonte do mesmo ministério adiantou que, como medida suplementar, foi aprovado um financiamento do Banco Europeu de Investimento (BEI), de 750 milhões de euros, para financiar a contrapartida nacional privada e pública dos investimentos financiados pelos fundos comunitários, esperando o Governo que isto favoreça a aceleração da execução dos fundos comunitários.

O Plano 100 será hoje apresentado em Leça da Palmeira, numa iniciativa realizada em colaboração com a AEP - Câmara de Comércio e Indústria, que conta com a participação dos ministros do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, e da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.