sicnot

Perfil

Economia

Governo quer injetar 100 milhões na economia nos primeiros 100 dias de governação

O Governo pretende injetar 100 milhões de euros na economia nos primeiros 100 dias de governação, através de medidas que facilitem o acesso aos fundos estruturais e ao investimento, que serão incluídas no chamado Plano 100.

TIAGO PETINGA

Fonte do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas disse à Lusa que o Plano 100 pretende acelerar o investimento empresarial através da injeção de 100 milhões de euros na economia nos primeiros 100 dias do Governo socialista de António Costa, no âmbito do programa Portugal 2020.

Entre as medidas que integram o Plano 100 está a flexibilização das regras de adiantamentos, "possibilitando a escolha por adiantamentos de 10%, 25% e 50%", tendo também sido "diminuída a cobertura das garantias bancárias exigidas e flexibilizado o modo de comprovação do início do projeto".

O Plano 100 inclui também uma nova linha de garantia mútua para adiantamentos, que será disponibilizada até ao final do ano e que permite que as garantias exigidas para o levantamento de adiantamentos de incentivos por parte das empresas com projetos aprovados possam ser obtidas junto do sistema de garantia mútua e não apenas junto dos bancos.

Fonte do mesmo ministério adiantou que, como medida suplementar, foi aprovado um financiamento do Banco Europeu de Investimento (BEI), de 750 milhões de euros, para financiar a contrapartida nacional privada e pública dos investimentos financiados pelos fundos comunitários, esperando o Governo que isto favoreça a aceleração da execução dos fundos comunitários.

O Plano 100 será hoje apresentado em Leça da Palmeira, numa iniciativa realizada em colaboração com a AEP - Câmara de Comércio e Indústria, que conta com a participação dos ministros do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, e da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Lusa

  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o radicalismo do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, Passos diz que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma força do mal.

  • Mulher salva dos carris segundos antes de chegar comboio
    0:34

    Mundo

    Aconteceu numa estação de comboios em Melbourne, na Austrália, esta terça-feira. Uma mulher que tentava subir à plataforma foi salva por três agentes da polícia no momento em que chegava um comboio. As imagens de videovigilância foram agora divulgadas.