sicnot

Perfil

Economia

ANA-Aeroportos suportou 3,8 M€ de taxa turística de Lisboa este ano

A taxa turística aplicada durante este ano às chegadas por via aérea a Lisboa resultou na entrada de 3,8 milhões de euros nos cofres da Câmara, suportados pela ANA - Aeroportos de Portugal, anunciou hoje a autarquia.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

MARIO CRUZ

"De acordo com o regulamento, [a taxa] aplicou-se em 2015 às chegadas de passageiros [ao aeroporto], tendo resultado numa verba de cerca de 3,8 milhões de euros", informou o município em comunicado.

Este valor situa-se dentro da previsão de receitas já que, aquando da assinatura do protocolo entre a ANA e a autarquia, em março, estimava-se que a taxa rendesse entre 3,6 e 4,4 milhões de euros.

O município recorda que "a Taxa Turística de Lisboa foi aprovada em 2014", prevendo que, no ano seguinte, houvesse a cobrança de um euro a quem chegasse ao aeroporto ou ao porto da capital e de um euro por noite sobre as dormidas.

A metodologia foi, entretanto, alterada e, durante este ano, a responsabilidade do pagamento foi assumida pela ANA na Portela.

Na nota, a autarquia garante que a cobrança voltará a ser feita no próximo ano, tanto nas chegadas por avião como por barco, apesar de ainda não saber como.

Em declarações à agência Lusa em meados de dezembro, o vereador das Finanças, João Paulo Saraiva, disse que a Câmara decidiu adiar a aplicação da taxa turística nas chegadas por ainda não saber como vai cobrá-la no aeroporto, estimando que a medida arranque em abril.

De acordo com o autarca, há "uma questão essencialmente operacional" que tem de ser analisada nas chegadas à Portela e que não se coloca no porto de Lisboa, onde é "mais fácil" começar a cobrar a taxa devido à legislação existente.

Em 2016, a taxa começará também a ser cobrada nas dormidas de turistas nacionais (incluindo lisboetas) e estrangeiros, sendo cobrado -- pelos hoteleiros -- um euro por noite até um máximo de sete euros.

A cobrança nas dormidas entra em vigor a 01 de janeiro e aplica-se a "todas as unidades [...] da hotelaria ou do alojamento local", explica a Câmara de Lisboa.

O município espera arrecadar 15,7 milhões com a taxa turística no próximo ano, valor que reverte para o Fundo de Desenvolvimento Turístico de Lisboa, que entra em vigor a 01 de janeiro, "tendo como fim exclusivo o desenvolvimento do setor na cidade".

O fundo terá um comité de investimentos que definirá quais os projetos a financiar, sendo composto pela autarquia, a Associação de Turismo de Lisboa e a Associação da Hotelaria de Portugal, adianta a Câmara.

Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC