sicnot

Perfil

Economia

Concorrência abre processo contra Fiat por limitação de garantias automóveis

A Autoridade da Concorrência (AdC) abriu um processo de contraordenação contra a Fiat Portugal, por indícios de infração às regras de concorrência, tendo a empresa apresentado um conjunto de compromissos com o objetivo de responder às preocupações levantadas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Lucy Nicholson / Reuters

Em comunicado divulgado hoje, a Concorrência adiantou que a investigação desenvolvida identificou a existência de um contrato de extensão de garantia que impediria os consumidores de efetuarem reparações em oficinas independentes, sob pena de perderem o direito à garantia do fabricante.

Esta é a quarta investigação relativa à limitação de garantias automóveis desenvolvida pela Concorrência no último ano e meio, depois da Ford, da Peugeot e da SIVA, a importadora e distribuidora das marcas automóveis Audi, Volkswagen e Skoda.

Entretanto, a Fiat apresentou um conjunto de compromissos com o objetivo de responder às preocupações jusconcorrenciais manifestadas pela AdC, acrescenta o organismo.

Segundo a Concorrência, os compromissos passam por fazer constar de todos os contratos, manuais e outros documentos entregues aos proprietários de veículos Fiat, que o benefício das garantias não está condicionado à realização das operações de manutenção e/ou intervenções mecânicas não objeto de garantia, na Rede Oficial da marca.

Mais, refere, "a Fiat compromete-se igualmente a comunicar essa alteração contratual a todos os concessionários e reparadores autorizados e a remeter um novo clausulado do contrato de extensão de garantia a todos os clientes, concessionários e reparadores autorizados da marca Fiat".

Na nota publicada da AdC, a Concorrência realça que "pode aceitar compromissos propostos pelos visados em processos de contraordenação, que sejam aptos a eliminar os efeitos nocivos sobre a concorrência provocados pelas práticas em causa".

A Fiat fica obrigada ao cumprimento deste conjunto de compromissos, sob monitorização da AdC.

Lusa

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02