sicnot

Perfil

Economia

Brigas Afonso é o novo sub-diretor geral dos impostos especiais sobre o consumo

Brigas Afonso, ex-diretor da Autoridade Tributária que se demitiu na sequência do escândalo da lista VIP, é o escolhido por António Costa para um novo cargo de direção, agora será subdiretor-geral dos impostos especiais sobre o consumo.

(arquivo)

(arquivo)

SIC

Segundo o ministério das Finanças, Brigas Afonso foi um de três nomes escolhidos pela comissão de recrutamento da administração pública, a decisão final coube depois ao ministério.
Brigas Afonso foi uma das caras da chamada lista VIP, que funcionou durante 4 meses e controlou os acessos dos trabalhadores do fisco às informações sobre Cavaco Silva, Passos Coelho e outros governantes.

  • Brigas Afonso garante que nunca autorizou constituição de lista VIP
    1:27

    Economia

    O Ex-Diretor-geral da Autoridade Tributária admite que houve testes para um mecanismo de proteção de dados nas Finanças. Ouvido, esta tarde, no Parlamento, na sequência da polémica que o levou a demitir-se, Brigas Afonso garantiu que nunca autorizou a constituição de qualquer lista de contribuintes ou alertas especiais de acesso indevido.

  • Paulo Núncio foi o autor da lista VIP, diz Sindicato dos Impostos
    2:16

    Economia

    O Sindicato dos Impostos volta a pedir a demissão do secretário de Estado, alegando que Paulo Núncio foi o autor da lista. Mas para já estão a cair apenas figuras consideradas de segundo pano. Depois de António Brigas Afonso, demitiu-se esta manhã o subdiretor geral da justiça tributária e aduaneira. José Maria Pires era o responsável pela área de segurança informática e terá sido ele a sugerir a criação da lista VIP de contribuintes.

  • Diretor-geral demissionário admite que lista VIP foi estudada
    2:15

    Economia

    Afinal, a polémica lista VIP não era apenas imaginação e já fez uma baixa: o diretor-geral da Autoridade Tributária demitiu-se esta quarta-feira. Na carta de demissão, Brigas Afonso admite que a medida foi estudada mas insiste que nunca chegou a sair do papel. Tudo isto no dia em que a revista Visão revela as gravações onde um alto funcionário do Fisco diz que a lista existe e foi utilizada.

  • Alegada lista VIP de contribuintes já provocou uma demissão

    Economia

    A existência ou não de uma lista VIP de contribuintes começou por ser falado a 11 de março num debate quinzenal no parlamento e em poucos dias foram diversas as notícias em torno do caso, que motivou já uma demissão na Autoridade Tributária (AT). O diretor-geral da AT, António Brigas Afonso, demitiu-se esta quarta-feira, e o primeiro-ministro veio já dizer que o responsável "fez bem" em apresentar a demissão, manifestando ainda que mantém a confiança política no secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.