sicnot

Perfil

Economia

Economia espanhola cresce 3,2% em 2015

A economia espanhola fechou o ano de 2015 com um crescimento de 3,2%, depois de o Produto Interno Bruto ter registado uma subida de 0,8% no último trimestre, indicam dados do Instituto Nacional de Estatística espanhol.

A economia espanhola fechou o ano de 2015 com um crescimento de 3,2%

A economia espanhola fechou o ano de 2015 com um crescimento de 3,2%

© Susana Vera / Reuters

A taxa de crescimento no quarto e último trimestre de 2015 foi idêntica à dos três trimestres anteriores. No ano de 2014, o Produto Interno Bruto (PIB) espanhol ganhou 1,4%, pelo que o crescimento de 2015 é superior em 1,8 pontos percentuais.

Ainda assim, o PIB de 2015 fica uma décima abaixo das previsões do Governo, que era de 3,3% para o conjunto do ano.

Numa análise mais aprofundada sobre o último trimestre, o INE indica que o crescimento da economia espanhola nos últimos três meses de 2015 foi 3,5% superior ao do mesmo trimestre de 2014.

Os dados do INE espanhol coincidem com os números adiantados pelo Banco de Espanha em dezembro passado, que justificava o crescimento de 3,2% com a "manutenção do consumo das famílias", devido a um aumento do rendimento disponível.

O Banco de Espanha dizia que o aumento do rendimento disponível nas famílias espanholas se deveu, fundamentalmente, à descida do desemprego e do preço do petróleo, que em Espanha teve um efeito no preço dos combustíveis.

Por outro lado, também apontava para o adiantamento da descida do IRS inicialmente prevista para 2016 (medida aprovada pelo Governo espanhol antes das eleições gerais de 20 de dezembro) e a devolução de parte dos salários dos funcionários públicos cortados em 2012.

Ainda segundo o Banco de Espanha, paralelamente à força demonstrada pela procura interna, o setor externo teve um comportamento negativo, em consequência do aumento das importações.

Os dados completos do INE sobre o PIB de 2015 serão publicados a 25 de fevereiro.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.