sicnot

Perfil

Economia

Temperaturas acima do normal levam consumo de luz a cair 6,4% em janeiro

O consumo de eletricidade caiu 6,4% em janeiro deste ano face ao mês homólogo do ano anterior, devido às temperaturas acima dos valores normais para a época do ano, segundo dados da REN -- Redes Energéticos Nacionais.

(Reuters)

(Reuters)

REUTERS

Segundo os dados da gestora da rede elétrica, o consumo de eletricidade no primeiro mês de 2016 ficou-se pelos 4.414 GWh, valor que compara com os 4.713 GWh consumidos no mesmo período de 2015, em que as temperaturas, ao contrário deste ano, tinham ficado abaixo do normal.

Já com a correção do efeito da temperatura e o número de dias úteis, regista-se um crescimento de 0,8% face ao período homólogo, o que é apontado como um dos indicadores de crescimento da atividade económica.

O ano de 2016 arrancou com condições favoráveis para a produção renovável, com as afluências aos aproveitamentos hidroelétricos a ultrapassarem em 52% os valores normais para este mês, enquanto nas eólicas a produção ultrapassou em 19% os valores normais.

Neste contexto, segundo os números da REN, as renováveis abasteceram 70% do consumo, com as hídricas a representarem 39%, eólicas 27%, biomassa 4% e fotovoltaicas 0,6%.

No gás natural registou-se uma quebra homóloga de 6,6%, com comportamentos diferentes no segmento elétrico, em que se prolongou a tendência positiva verificada no ano anterior, com um crescimento de 19%, e no segmento convencional com uma quebra de 10,7%.

Lusa

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas chegou este sábado a acordo sobre o cessar-fogo na Síria, depois de três dias de intensas negociações para evitar o veto da Rússia. As tréguas vão durar 30 dias e permitir a entrada de ajuda humanitária em Ghouta Oriental, a região mais atingida pela guerra na Síria, nesta altura. Em apenas sete dias, os bombardeamentos do regime fizeram mais de 500 mortos.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • PS e PSD querem acordo sobre fundos e descentralização até ao verão
    3:07
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35