sicnot

Perfil

Economia

TAP garante continuidade do voo da noite Lisboa/Porto durante o verão

A TAP contrariou informações divulgadas hoje pela Câmara do Porto, que acusou a companhia de suprimir "discretamente" o voo noturno entre Lisboa e o Porto, garantindo a manutenção desta ligação durante o horário de verão.

"Ao contrário do que está a ser divulgado o horário de verão da TAP entre o Porto e Lisboa integra também o voo de Lisboa que parte às 22:45", disse à Lusa fonte oficial da transportadora aérea.

Segundo a mesma fonte, "a TAP está ainda a fechar a totalidade dos horários que ligarão o Porto e Lisboa na 'ponte aérea' que se inicia a 27 de março praticamente de hora a hora, mas pode garantir desde já que este horário será contemplado".

O porta-voz da TAP adiantou que "o equipamento a utilizar nos diversos horários vai depender da procura, mantendo-se a utilização de aviões Airbus sempre que se justifique".

A Câmara do Porto acusou hoje a TAP de ter decidido "discretamente" descontinuar o voo noturno entre Lisboa e Porto, que servia de ligação para os passageiros que vinham de voos de médio curso, a partir da Europa.

"Este voo, operado pela própria TAP, com aviões Airbus A319 e A320, tinha lugar às 22:35 e viajava sistematicamente lotado", sublinhou a autarquia, em comunicado enviado à Lusa.

A transportadora aérea portuguesa, que anunciou recentemente uma 'ponte aérea' entre Lisboa e Porto a partir de março, data em que descontinuará vários voos de médio curso europeus a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, "não anunciou publicamente a supressão deste estratégico voo TAP", lê-se no documento.

O presidente da Câmara do Porto tem criticado a estratégia da TAP para o Porto, defendendo a necessidade de o Governo dar ordens à transportadora aérea para restabelecer as ligações internacionais que a companhia anunciou querer suspender a partir do aeroporto Francisco Sá Carneiro.

O primeiro-ministro, António Costa, disse no sábado que o acordo para a reversão da privatização da TAP deixa o Governo com margem para intervir sobre a manutenção de uma base no Porto.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado emitido, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28