sicnot

Perfil

Economia

Ryanair admite avaliar rotas suspensas pela TAP no Porto

A Ryanair vai avaliar as quatro rotas europeias da TAP canceladas a partir do Porto, afirmou hoje o diretor de marketing de companhia de baixo custo, Kenny Jacobs

(Arquivo)

(Arquivo)

© Agencja Gazeta / Reuters

"Vamos olhar para elas [as rotas suspensas pela TAP]. São uma grande oportunidade", afirmou hoje o responsável da Ryanair em conferência de imprensa em Lisboa, com o objetivo de oficializar o lançamento de uma nova rota diária para Berlim.

A TAP cancelou rotas com partida do Porto para quatro cidades europeias (Bruxelas, Roma, Milão e Barcelona), explicando que apesar das "boas taxas de ocupação os custos da operação dessas rotas não permitem, atualmente, a rentabilidade da sua operação".

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".