sicnot

Perfil

Economia

António Costa e Rui Moreira vão discutir redução de rotas da TAP

O primeiro-ministro, António Costa, reúne-se hoje com o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, num encontro em que deverão discutir a redução de rotas da TAP a partir do Porto, muito contestada pelo autarca.

A audiência em que António Costa recebe Rui Moreira está marcada para as 15:00 (hora de lisboa) na residência oficial do chefe de Governo, em São Bento.

Em cima da mesa deverá estar, sobretudo, a situação da TAP e o fim pela companhia aérea de algumas rotas com partida e chegada no Aeroporto Sá Carneiro, no Grande Porto.

O presidente da Câmara do Porto tem criticado publicamente a estratégia da TAP para o Porto e já admitiu mesmo "apelar ao boicote da região" à transportadora, acusando-a de ter em curso uma estratégia para "destruir o aeroporto Francisco Sá Carneiro", com vista a construir em Lisboa "um novo aeroporto e uma nova ponte".

A Câmara publicou mesmo dados a dizer que as ligações canceladas tiveram em 2015 uma "ocupação média de 90%", representando "o transporte de perto de 190 mil passageiros, em 1.867 voos de ida e volta".

Já a TAP tem reiterado que as quatro rotas europeias canceladas a partir do Porto representavam um prejuízo de 8,02 milhões de euros.

O Governo tem sido chamado por Rui Moreira a intervir neste assunto, depois de ter chegado a acordo com o consórcio Gateway para o Estado ficar com 50% da empresa (em vez de 34%), pagando 1,9 milhões de euros. Já o consórcio privado deverá passar de 61% do capital da companhia para 45%, podendo chegar aos 50%, com a aquisição do capital à disposição dos trabalhadores.

Lusa

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.