sicnot

Perfil

Economia

Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos defende fim do sigilo fiscal

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), Paulo Ralha, defendeu hoje o fim do sigilo fiscal, considerando que esta seria a única forma de combater a fraude e a evasão fiscal.

Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos

Paulo Ralha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos

SIC

"É importante acabar rapidamente com o sigilo fiscal, que beneficia as grandes empresas, as multinacionais e os profissionais liberais, pois são estes que pagam cada vez menos impostos", disse Paulo Ralha numa intervenção proferida no XIII Congresso da CGTP.

O presidente do Sindicato salientou que os trabalhadores assalariados "não têm medo [do fim] do sigilo fiscal, quem tem medo são os administradores das multinacionais e os advogados, que não declaram todos os seus rendimentos".

Por esta razão, Paulo Ralha considerou que os programas de combate à fraude fiscal nunca serão bem sucedidos enquanto não se acabar com o sigilo fiscal.

O sindicalista referiu ainda que "Portugal está a ser asfixiado por uma dívida não pagável".

"Queremos ser como a Inglaterra, queremos que venha o dinheiro mas não queremos pagar a dívida", disse, acrescentando que "Portugal não pode deixar-se asfixiar-se pela dívida quando outros obtêm o perdão da dívida".

O STI não é filiado na CGTP, mas é prática da Central convidar sindicatos independentes para participarem nos seus trabalho, alguns deles integram mesmo o Conselho Nacional, como é o caso do Sindicato dos Trabalhadores Judiciais.

O XIII Congresso da CGTP que decorre desde sexta-feira em Almada, termina hoje ao final da tarde com a aprovação do programa de ação para os próximos quatro anos e a eleição dos corpos sociais".

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38