sicnot

Perfil

Economia

Total de empréstimos a famílias e empresas diminuíram em janeiro

Os empréstimos concedidos pelos bancos aos particulares e às empresas caíram 2,8% em janeiro, comparando com o mesmo mês de 2015, segundo os dados do Banco de Portugal.

© Dado Ruvic / Reuters

Em janeiro deste ano, o total de 'stock' emprestado às empresas fixou-se em 83.505 milhões de euros, o que significa menos 3,2% face ao mesmo mês de 2015.

Já o 'stock' de empréstimos aos particulares era maior, de 129.211 milhões de euros, mas também representando uma queda face a janeiro de 2015, neste caso de 2,56%.

Dentro do crédito aos particulares insere-se o crédito às famílias, que representa a maior parte, sendo que o valor total diminuiu 2,59% em janeiro em termos homólogos para 103.688 milhões de euros.

Desagregando o crédito às famílias, o crédito para compra de habitação totalizava em janeiro 103.688 milhões de euros, menos 2,7% do que um ano antes.

Os bancos têm justificado esta queda com o facto de muitos empréstimos estarem a ser pagos antecipadamente, diminuindo o 'stock' total do dinheiro emprestado, e afirmando que há mesmo um aumento de novas operações. Em dezembro de 2015, de acordo também com dados do Banco de Portugal, foram concedidos 469 milhões de euros em novo crédito à habitação, representando o valor mais alto desde maio de 2011.

Já o crédito para consumo e outros fins caiu 2,08% face a janeiro de 2015, para 23.398 milhões de euros.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10