sicnot

Perfil

Economia

Carta rogatória já foi enviada a Angola para constituir arguido Helder Bataglia

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma que já enviou às autoridades angolanas uma carta rogatória para constituir arguido o empresário luso-angolano Helder Bataglia no processo Operação Marquês.

"Confirma-se que foi enviada às autoridades angolanas uma carta rogatória com vista à constituição de arguido [Helder Bataglia]", disse a PGR, em resposta à Lusa.

Com o cumprimento da carta rogatória, o empresário torna-se no décimo terceiro arguido do processo Operação Marquês, caso que envolve o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o empresário Carlos Santos Silva e o antigo ministro Armando Vara, entre outros.

A constituição de Helder Bataglia como arguido está relacionada com as suspeitas dos investigadores relativamente ao empreendimento Vale do Lobo, Algarve, e à sua aprovação numa altura em que José Sócrates era chefe do Governo.

José Sócrates, que se tornou no único chefe de governo português a ser detido e preso preventivamente, está indiciado por corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Com Lusa

  • Hélder Bataglia vai ser constituído arguido no caso Sócrates
    1:30

    Operação Marquês

    Hélder Bataglia vai mesmo ser constituído arguido no processo que investiga José Sócrates. O Ministério Público já terá enviado para Angola a carta rogatória que pede também que o empresário seja interrogado. Bataglia é suspeito de fazer chegar 17 milhões de euros a contas na Suíça que a investigação acredita serem, no final da linha, de José Sócrates.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.