sicnot

Perfil

Economia

Presidente executivo da EDP comprou 30 mil ações da elétrica

O presidente executivo da EDP, António Mexia, adquiriu em bolsa 30 mil ações da empresa, segundo a informação divulgada pela empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

António Mexia (Reuters/Arquivo)

António Mexia (Reuters/Arquivo)

REUTERS

De acordo com o comunicado da EDP, as trinta mil ações foram compradas na sexta-feira passada, 04 de março, ao preço médio de 2,88 euros cada uma, pelo que, contas feitas, António Mexia gastou mais de 86 mil euros.

"A EDP informa ainda que, em virtude da aquisição acima referida, o Dr. António Luís Guerra Nunes Mexia passou a ser titular de 71.000 ações representativas do capital social da EDP", lê-se no comunicado enviado ao regulador dos mercados financeiros.

As ações da EDP fecharam hoje a cair 4,41% na bolsa de Lisboa para 2,75 euros.

Na sexta-feira, as ações da empresa tinham já fechado a desvalorizar-se 1,77% para 2,88 euros, um dia depois de a EDP ter anunciado que encerrou 2015 com lucros atribuíveis aos acionistas de 913 milhões de euros, menos 12% do que os 1.040 milhões de euros de 2014.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.