sicnot

Perfil

Economia

Mais de 6700 pedidos de reforma antecipada entre outubro e março

O número de pedidos de reforma antecipada de pessoas entre os 55 e os 59 anos de idade fixou-se em 6.752, desde outubro último até ao dia 4 de março desde ano, divulgou hoje fonte do Ministério do Trabalho.

Segundo os dados enviados pelo ministério tutelado por Vieira da Silva, "até 04 de março de 2016, e desde de outubro de 2015, entraram 6.752 pedidos de reforma de pessoas entre os 55 e os 59 anos de idade".

Até esta data, 743 pessoas responderam afirmativamente ao ofício, optando pela reforma, aguardando-se a resposta de 1.885 pessoas, explicita fonte da tutela.

Em 2015 aderiram ao regime transitório de reforma antecipada (com 60 anos de idade e 40 de carreira) 6.700 pessoas.

Já este ano, entre janeiro e 04 de março, requereram reforma antecipada por flexibilização neste regime cerca de 3.583 pessoas, das quais 349 responderam afirmativamente ao ofício, optando pela reforma.

O ministério informa, na nota enviada, que os requerimentos de pensão antecipada por flexibilização que deram entrada desde 01 de outubro de 2015 (três meses antes da data de entrada em vigor do regime anterior), até ao dia 08 de março de 2016, "serão deferidos desde que reunidas as condições de acesso, dependendo do requerente a decisão de manter ou não o pedido de reforma".

A reposição do regime transitório de acesso à pensão antecipada de velhice entra hoje em vigor, permitindo o pedido de reforma antecipada aos trabalhadores com mais de 60 anos e, pelo menos, 40 anos de carreira.

O novo diploma, que foi publicado na terça-feira em Diário da República, prevê ainda que o beneficiário seja ouvido antes do deferimento da pensão para garantir que há uma "manifestação expressa" da pessoa em manter o pedido após tomar conhecimento do valor da pensão, uma vez que a reforma antecipada significa uma perda considerável de rendimento.

O Governo já anunciou entretanto que ao longo deste ano vai trabalhar para introduzir um regime alternativo menos penalizador para as carreiras contributivas mais longas.

A possibilidade de antecipação da reforma tinha sido suspensa em 2012 pelo governo PSD/CDS, mas em janeiro do ano passado o mesmo executivo publicou um decreto-lei que repôs temporariamente essa possibilidade, o que agora é prolongado.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida