sicnot

Perfil

Economia

Crédito concedido para consumo aumenta 16,3% em janeiro para 385,218 ME

O crédito concedido para consumo aumentou 16,3% em janeiro, face ao período homólogo, para 385,218 milhões de euros, com os empréstimos para educação e saúde a aumentarem 82,5%, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal.

Arquivo SIC

De acordo com os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP), em janeiro foram efetuados 103.746 novos contratos de crédito aos consumidores, mais 15,2% do que no mesmo mês de 2015, mas menos 20,4% do que no mês anterior (dezembro).

Estes novos contratos celebrados corresponderam a um montante global de 385,218 milhões de euros, o que representa um crescimento de 16,3% em termos homólogos e uma descida de 20,6% em cadeia.

Numa análise por tipo de crédito, verifica-se que o crédito pessoal com finalidade 'educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos' foi o que apresentou a maior subida, com o número de novos contratos a quadruplicar em termos homólogos (mais 303,6%), mas a recuar 2,1% face a dezembro, para um total de 557 contratos, e o respetivo valor a subir 82,5% em termos homólogos e a cair 8,2% em cadeia, para 3,084 milhões de euros.

Já os créditos pessoais "sem finalidade específica, lar, consolidado e com outras finalidades" diminuíram, em número, 0,5% homólogos e caíram 20,9% em cadeia e, em montante, aumentaram 6,5% face a janeiro de 2015 e recuaram 16,2% face ao mês anterior, para 161,847 milhões de euros.

No que respeita ao crédito automóvel, os créditos para aquisição de automóveis novos, em locação financeira ou ALD, totalizaram os 21,114 milhões de euros, menos 6,9% do que em janeiro de 2015 e menos 38,2% do que em dezembro.

Com reserva de propriedade e outros (também veículos novos) foram emprestados 29,743 milhões de euros, o que representou um aumento de 48% em termos homólogos (-36,2% face ao mês anterior).

Quanto aos novos contratos de crédito relativos a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, viram o respetivo montante aumentar 19,2% em janeiro de 2016 face ao mesmo mês de 2015 e descer 20,6% face a dezembro de 2015 para 385,218 milhões de euros

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.