sicnot

Perfil

Economia

Crédito concedido para consumo aumenta 16,3% em janeiro para 385,218 ME

O crédito concedido para consumo aumentou 16,3% em janeiro, face ao período homólogo, para 385,218 milhões de euros, com os empréstimos para educação e saúde a aumentarem 82,5%, segundo dados divulgados pelo Banco de Portugal.

Arquivo SIC

De acordo com os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP), em janeiro foram efetuados 103.746 novos contratos de crédito aos consumidores, mais 15,2% do que no mesmo mês de 2015, mas menos 20,4% do que no mês anterior (dezembro).

Estes novos contratos celebrados corresponderam a um montante global de 385,218 milhões de euros, o que representa um crescimento de 16,3% em termos homólogos e uma descida de 20,6% em cadeia.

Numa análise por tipo de crédito, verifica-se que o crédito pessoal com finalidade 'educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos' foi o que apresentou a maior subida, com o número de novos contratos a quadruplicar em termos homólogos (mais 303,6%), mas a recuar 2,1% face a dezembro, para um total de 557 contratos, e o respetivo valor a subir 82,5% em termos homólogos e a cair 8,2% em cadeia, para 3,084 milhões de euros.

Já os créditos pessoais "sem finalidade específica, lar, consolidado e com outras finalidades" diminuíram, em número, 0,5% homólogos e caíram 20,9% em cadeia e, em montante, aumentaram 6,5% face a janeiro de 2015 e recuaram 16,2% face ao mês anterior, para 161,847 milhões de euros.

No que respeita ao crédito automóvel, os créditos para aquisição de automóveis novos, em locação financeira ou ALD, totalizaram os 21,114 milhões de euros, menos 6,9% do que em janeiro de 2015 e menos 38,2% do que em dezembro.

Com reserva de propriedade e outros (também veículos novos) foram emprestados 29,743 milhões de euros, o que representou um aumento de 48% em termos homólogos (-36,2% face ao mês anterior).

Quanto aos novos contratos de crédito relativos a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, viram o respetivo montante aumentar 19,2% em janeiro de 2016 face ao mesmo mês de 2015 e descer 20,6% face a dezembro de 2015 para 385,218 milhões de euros

  • CDS quer que Governo revele detalhes do negócio do Novo Banco
    0:46

    Economia

    O CDS considera fundamental que o Governo revele os detalhes do negócio do Novo Banco para que pare com a especulação. Os centristas guardam uma posição política para depois de serem conhecidos os pormenores e lembram, mais uma vez, que o Executivo tem uma maioria parlamentar de Esquerda que o apoia.

  • ASAE faz doação de roupa apreendida
    1:15

    País

    A ASAE doou cerca de 200 peças de vestuário à Associação CAIS, apreendidas em ações de fiscalização. O valor destas peças é de quase 10 mil euros. Em 2016, a ASAE fez 100 ações de doação, um total de aproximadamente 14 mil peças.

  • PSD tem dúvidas sobre legalidade da taxa de proteção civil de Lisboa
    0:33

    País

    O PSD disse esta quarta-feira que a taxa de proteção civil da Câmara de Lisboa é um imposto e tem dúvidas sobre a legalidade. Numa reação ao envio deste diploma para o Tribunal Constitucional pelo Provedor de Justiça, os sociais-democratas deixaram ainda a promessa de acabar com a taxa, caso vençam as eleições na capital.

  • Conheça o Spa para recém-nascidos
    1:28

    Mundo

    Chama-se Baby Spa Perth e fica na Austrália. Nos últimos dias, o mundo ficou a conhecer este spa graças às fotografias dos bebés com as boias, que se tornaram virais nas redes sociais. O spa tem hidroterapia personalizada e massagens relaxantes. A boia, Bubby, permite que os bebés possam flutuar na água, sozinhos e em segurança.

    Patrícia Almeida

  • A rã que brilha no escuro
    2:08

    Mundo

    É a última descoberta do reino animal. Foi encontrada acidentalmente na Argentina uma nova espécie de rã, fluorescente.