sicnot

Perfil

Economia

Temperaturas baixas em março fazem aumentar consumo de eletricidade

O consumo de eletricidade registou um crescimento de 4,8% em março, em relação ao mês homólogo do ano anterior, impulsionado pelas temperaturas abaixo dos valores médios que se fizeram sentir, segundo dados da REN - Redes Energéticas Nacionais.

MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Com a correção dos efeitos de temperatura e do número de dias úteis, o consumo de eletricidade em março aumentou 2,2%.

No final do primeiro trimestre, o consumo regista agora uma queda de 0,8%, que corresponde a um acréscimo de 0,7% com a correção de temperatura e dias úteis.

No mês de março, as condições meteorológicas foram favoráveis à produção hidráulica, com o índice de produtibilidade a situar-se em 1,27, enquanto na produção eólica as condições situaram-se próximas de regime médio, com um índice de produtibilidade de 0,98.

Já em termos acumulados, no primeiro trimestre, o índice de produtibilidade hidroelétrica situa-se em 1,45, o quinto valor mais elevado dos últimos 40 anos, e o de produtibilidade eólica em 1,16.

Neste período a produção renovável abasteceu 72% do consumo e exportação, repartindo-se pelas hidráulicas com 40%, eólicas 28%, a biomassa 4% e fotovoltaicas 1%.

As fontes não renováveis abasteceram 28%, repartidas pelo carvão com 16% e pelo gás natural com 12%.

Lusa

  • A história de João Ricardo
    10:37
  • Parceiros sociais começam hoje debate sobre salário mínimo

    Economia

    Os parceiros sociais reúnem-se hoje com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, para iniciarem a discussão sobre a atualização do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais e confederações patronais a assumirem posições divergentes.Em cima da mesa estarão as propostas das centrais sindicais, com a CGTP a exigir 600 euros a partir de janeiro de 2018 e a UGT a reivindicar 585 euros como ponto de partida para a negociação.

  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • "No fim, logo se vê" se foram quatro anos de uma legislatura perdida
    1:28

    País

    Pedro Passos Coelho acusa o Governo de perder uma legislatura. O presidente do PSD diz que "no fim, logo se vê" se foram ou não quatro anos de oportunidade perdida para o país. No último Conselho Nacional antes das eleições diretas do partido, Passos acusou o Executivo de perder o rumo e apontou os casos do Infarmed e do aumento do preço da água como exemplos de desorientação.

  • Marcelo apoia novo Mecanismo Europeu de Proteção Civil
    0:44

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa considera o novo Mecanismo de Proteção Civil uma ideia muito boa, que tem todo o apoio do Governo e do Presidente da República. Marcelo apenas lamenta que o modelo não existisse durante os incêndios deste ano.