sicnot

Perfil

Economia

Empresários consideram inútil a linha de crédito criada para apoiar negócios em Angola

Os empresários consideram que a linha se revelou inútil. A linha de apoio às empresas portuguesas com negócios em Angola foi criada há cerca de um ano pelo então ministro da Economia, Pires de Lima, mas até agora só foi utilizada em 6%.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Mike Hutchings / Reuters

O presidente da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas admite que a intenção era bo mas diz que o custo e condições da linha a tornaram pouco interessante.

Já António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal, diz que a iniciativa não resultou devido ao agravamento da situação económica em Angola. Segundo o empresário, a verdadeira solução passa por envolver também o Estado angolano no processo.

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Vila de Gavião viu-se cercada pelas chamas
    2:17
  • Telemóveis pessoais foram alternativa ao SIRESP no Sardoal
    1:20

    País

    O presidente da Câmara Municipal do Sardoal disse hoje que a rede SIRESP voltou a falhar durante os últimos cinco dias. Miguel Borges acrescentou que os operacionais no terreno recorreram várias vezes aos seus telemóveis particulares para comunicar.

  • Costa desafia PSD para pacto depois das autárquicas
    1:14