sicnot

Perfil

Economia

Grécia e credores fazem pausa em negociações para participar na reunião do FMI

A Grécia e os seus credores interromperam as negociações sobre a avaliação do terceiro resgate para participarem na reunião de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI).

REUTERS

"Depois de todas estas discussões, decidiu-se hoje que vamos fazer uma pausa para irmos todos para Washington", disse o ministro das Finanças grego, Euclides Tsakalotos, esta madrugada, após uma última sessão de mais de seis horas de negociação.

Segundo Euclides Tsakalotos, Grécia e a Comissão Europeia, Banco Central Europeu, o Mecanismo Europeu de Estabilidade e o FMI concordam que "houve progressos de modo a poder alcançar-se um pacote mutuamente aceitável e poder fechar o acordo".

O quarteto acordou regressar a Atenas imediatamente depois do fim da reunião de Washington, ou seja, na próxima segunda-feira, a fim de poder chegar a um acordo a nível técnico antes do Eurogrupo (reunião dos ministros das Finanças dos países da moeda única europeia) de 22 de abril, acrescentou o ministro helénico.

Tsakalotos garantiu que houve avanços em muitas questões, mas que muitos outros detalhes continuam por resolver devido à falta de tempo.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15