sicnot

Perfil

Economia

Afinal há um plano B para 2017

NOTÍCIA SIC

Afinal há um plano B para 2017

O Governo não explicou aos portugueses as medidas do Programa de Estabilidade que mais impacto vão ter no seu bolso. Há um anexo ao documento que foi entregue na Comissão Europeia, na UTAO e no Conselho de Finanças Públicas, mas não chegou a ser revelado publicamente. A SIC sabe que entre outras medidas para reduzir o défice em 2017, haverá poupanças no pagamento das prestações sociais.

O plano já está traçado: Mário Centeno ainda tem de se preocupar em reduzir o défice para os 2,2% este ano, mas já está a preparar as contas do próximo. É que em 2017 quer que o buraco nas contas públicas desça para 1,4%, ou seja, de agora até ao próximo ano tem de conseguir cortar 1400 milhões de euros.

Ao que a SIC apurou, o Governo já tem as medidas concretas e as contas apuradas.

A maior receita deverá chegar do BPP, o Banco Privado Português deve devolver, no próximo ano, os 450 milhões de euros em garantias dadas pelo Estado.

As parcerias público-privadas, que foram renegociadas, devem gerar uma poupança de 90 milhões e os pagamentos que foram mal feitos pela Segurança Social devem render 70 milhões de euros.

Outros 30 milhões deverão chegar através das prestações sociais. O Governo vai rever os pagamentos, com o objetivo de poupar dinheiro. Ao que a sic apurou, esta revisão vai ser feita em todas as prestações sociais.

Depois, é esperar que a economia faça o seu papel: terá de crescer ao ritmo previsto pelo Governo, o que também fará com que aumente a receita com impostos, se os portugueses gastarem mais.

Nos impostos, também haverá novidades: o Governo não diz onde, para já, mas a SIC sabe que estima conseguir mais 180 milhões de euros em 2017.

Há medidas que ainda não têm contas feitas. É o caso do corte nas despesas correntes dos ministérios, do impacto que o Governo espera com medidas de modernização da administração pública e com entrada de menos trabalhadores para o Estado.

Tudo junto, e nas contas do governo, dará os 1.400 milhões de euros necessários para descer o défice para 1,4%.

O executivo acredita que estas medidas bastarão e continua convencido que também este ano não será necessário um plano B.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29